Cadastrar

Como contratar funcionários remotos: tudo o que você precisa saber

Como contratar funcionários remotos: tudo o que você precisa saber
Equipe Bitrix24
11 de julho de 2022
Última atualização: 11 de julho de 2022

Encontrar o talento certo exige esforço e dedicação, mas a possibilidade de atuar independentemente da localização veio para facilitar este cenário. Hoje, os empregadores podem realizar a contratação de funcionários remotos de qualquer parte do mundo, selecionando os melhores talentos para a função desejada.

Mas para garantir que tal processo ocorra com efetividade, há um caminho árduo que precisa ser adaptado e planejado. Confiram as principais dicas para traçá-lo com maiores chances de sucesso logo abaixo.


Perguntas frequentes


Como funciona a contratação remota?

A contratação remota funciona a partir de princípios muito similares aos de uma contração presencial, já que também precisa ser regida legalmente. No entanto, as etapas de recrutamento, assinatura de contratos e onboarding ocorrem no ambiente virtual, requerendo um bom planejamento, anúncios de emprego adaptados e o uso de soluções tecnológicas adequadas.

Como eu posso contratar um bom funcionário remoto?

Para contratar um bom funcionário remoto, você deve atrair os melhores talentos para a sua empresa. Para isso, foque no seguinte:

  • Ofereça treinamentos e progressão de carreira;
  • Estabeleça o senso de equipe e uma cultura organizacional forte;
  • Promova vantagens reais para os trabalhadores remotos;
  • Dedique-se para ser reconhecido como um bom empregador.

Qual software ajuda na contratação de um funcionário remoto?

O software que ajuda na contratação de um funcionário remoto é aquele que agrega recursos como:

  • Ferramentas de comunicação em tempo real (como videoconferências);
  • Compartilhamento e armazenamento de documentos;
  • Gerenciamento de tarefas e projetos;
  • Controle do fluxo de trabalho;
  • Gestão e acompanhamento do RH e de todos os seus processos.

Como contratar funcionários remotos com eficiência?

Para contratar funcionários remotos com eficiência, você deve aplicar as melhores práticas para a contratação de funcionários remotos, como:

  • Conquistar uma boa reputação (virtual) como empregador;
  • Anunciar a vaga de trabalho nas plataformas certas;
  • Escrever um anúncio de emprego detalhado;
  • Conduzir toda a contratação digitalmente;
  • Ajustar o processo de integração do funcionário;
  • Estabelecer ao menos um primeiro contato “cara a cara”, mesmo por vídeo;
  • Estudar, com cautela, as aptidões dos candidatos.

As melhores dicas para contratar um funcionário remoto

Há muitos anos, poderia ser impossível, para várias pessoas, cogitar a viabilidade do trabalho remoto. Mas hoje, é fato que ele já é a realidade para uma série de empresas ao redor do globo.

No Brasil, embora a contratação de funcionários remotos ainda não tenha atingido a amplitude que os trabalhadores desejam, é certo que a modalidade vem ganhando força de forma significativa. Isso faz com que as próprias organizações locais sigam procurando por talentos melhores, em vez de se preocuparem apenas com a localização geográfica.

Mas para gerenciar os funcionários remotamente com a devida qualidade, é preciso partir da contratação ideal – exatamente o que será abordado logo a seguir. A partir de dicas simples (mas efetivas), saiba como contratar um funcionário para trabalhar remotamente.

1. Conquiste uma boa reputação como empregador no ambiente virtual

Quem nunca sonhou em trabalhar em certa companhia graças a boa fama que ela emanava? Por motivos como estes, ter uma boa reputação como empregador te fará atrair e reter talentos cada vez melhores. Inclusive, quando se pensa sobre a contratação de funcionários remotos, as empresas bastante reconhecidas cativam talentos para si naturalmente – e, raramente, precisam sair para procurar por eles.

Então não importa se você está precisando contratar funcionários remotos imediatamente ou só está estudando o mercado para saber como se preparar para ele: dedique-se para que a sua presença digital repasse o quão confiável é a sua empresa e o quão agradável pode ser trabalhar por lá.

Compartilhar um pouco da cultura empresarial será crucial não apenas para atrair, como também para manter os bons talentos. Afinal, quando o colaborador se sente engajado com a cultura corporativa, a parceria tende a se firmar e permanecer duradoura por muito mais tempo.

Em contas de mídias sociais e no seu próprio site (além de plataformas de recrutamento), inclua detalhes que envolvam:

  • A missão, a visão e os valores da empresa;
  • Como o trabalho é realizado;
  • Depoimentos de outros colaboradores;
  • E abordagens específicas e que fazem do seu time único – como a adoção de uma política voltada para a diversidade e a inclusão, por exemplo.

Em conjunto, tais elementos te ajudarão a construir uma marca forte como empregador e ter ainda mais sucesso ao contratar um funcionário remoto.

2. Anuncie a sua vaga remota nos lugares adequados

Por sorte, hoje em dia, existem várias plataformas que ajudam na contratação de funcionários remotos. É claro que você pode buscar por novos talentos diretamente no LinkedIn, o que vem sendo algo altamente empregado, mas várias empresas vêm desbravando quadros de empregos focados, integralmente, em contratações remotas.

Um grande exemplo envolve sites como o “We work remotely” ou o “RemoteOK”, que permitem a companhias do mundo todo postarem as suas vagas de emprego de forma detalhada. Em paralelo, é lógico que os candidatos interessados podem aplicar a candidatura para a vaga no mesmo local – deixando o processo mais fluido e automatizado.

Fora sites como estes, você pode explorar grupos em redes sociais como o Facebook (ou mesmo o LinkedIn) para contratar trabalhadores remotos conforme as suas necessidades. Ou, ainda, contar com uma consultoria especializada que personaliza e direciona melhor as buscas – sobretudo as que envolvem cargos ou habilidades diferenciadas.

Ainda, caso planeje contratar funcionários remotos em outros países, cogite fazer anúncios de emprego em sites locais ou optar pela modalidade de freelancer – com uma série de interfaces de mercado voltadas para tal. O que importa é que há muito o que explorar a poucos cliques de distância, sem nem mesmo precisar agendar uma reunião presencial ou encontrar o candidato fisicamente. Então aproveite!

3. Escreva um anúncio de emprego detalhado

Imagine que você encontrou o local certo para postar o seu anúncio de emprego e está um passo à frente de seguir na contratação de funcionários remotos, mas acabou postando uma vaga genérica que só atraiu os talentos errados. Reverter tal cenário só te fará perder recursos e paciência, o que não é nada agradável.

Portanto, desde o início do processo de contratação de funcionários remotos, garanta que o seu post de emprego retrate bem a função e o tipo de profissional que está sendo buscado. É importante que ele inclua, logicamente, características que sejam relevantes para o próprio profissional, como: panorama geral da empresa, cultura organizacional/valores, faixa salarial, descritivo do emprego, benefícios atrelados, requisitos e mais.

Definir bem a posição ajudará que os próprios candidatos decidam se vale a pena se candidatar para aquela vaga e se eles cumprem com os requisitos listados pelo empregador. O que somará vantagens para ambos os lados!

Se estiver compartilhando o anúncio em plataformas ou mídias sociais, será interessante adicionar palavras-chave que o ajudarão a segmentar o público e atrair candidatos em potencial para a sua vaga. Quanto maior for o seu detalhamento neste processo, maiores serão as chances de obter sucesso no recrutamento e na contratação virtual.


Mais do que um sistema de gestão de pessoas e RH, um pacote de trabalho on-line completo

Uma única plataforma para administrar sua empresa

EXPERIMENTE AGORA!


4. Conduza a contratação virtualmente e com as ferramentas certas

Não é porque a sua contratação segue no mundo digital que ela não precisa estar nos parâmetros legais adequados. Portanto, prepare-se para conduzir a contratação virtual e preparar o seu RH para digitalizar e armazenar em nuvem todos os documentos necessários para tal.

Contratos de trabalho, acordos de confidencialidade, políticas da empresa: todos os arquivos que abrangem os benefícios, os direitos e os deveres devem ser compartilhados com o novo colaborador – incluindo a assinatura digital de ambas as partes.

Afinal, pode ser muito difícil contratar funcionários remotos em outros países e ter que esperar por uma reunião presencial para assinar todos os papéis do RH, concorda? Além de se preocupar com a etapa final, que já envolve a assinatura dos documentos, veja se os passos estão ajustados conforme a legislação brasileira e só recrute e gerencie o pessoal quando tiver a certeza de que está tudo certo.

Acerte detalhes como: o regime de trabalho, como funcionarão as férias remuneradas, o 13º salário, os impostos gerais e tudo o que cubra o padrão CLT nacional. Caso o ciclo envolva uma contratação internacional, com funcionários que residem fora do Brasil e não possuem tal nacionalidade, informe-se sobre os trâmites legais antes mesmo de fechar um contrato. É essencial!

5. Tenha pelo menos o primeiro contato “cara a cara”

Independentemente de o seu colaborador estar presente na mesma cidade ou viver do outro lado do planeta: é importantíssimo que, ao menos durante a contratação, seja estabelecido um ponto de contato mais efetivo do que simplesmente trocar mensagens por e-mail.

Agende uma videoconferência para conhecer o futuro funcionário, conectar-se com ele e sentir a sua personalidade, motivação e potencial. Muitas vezes, a primeira impressão é extremamente válida, e pode revelar muito sobre o indivíduo. Portanto, mesmo que você opte por seguir todo o processo digitalmente, tenha ao menos um ponto de contato mais direcionado e pessoal através de uma chamada em tempo real.

6. Veja se o candidato desejado possui as habilidades ideais para o cargo remoto

Uma coisa é verdade: nem todo mundo se adapta bem ou possui as habilidades necessárias para trabalhar remotamente. Isso porque os profissionais remotos atuam sem uma supervisão direta e devem ter a iniciativa e a autonomia adequadas para a resolução de problemas. Sendo, geralmente, mais preparados tecnicamente.

Por isso, na contratação de funcionários remotos, é importante que o time avalie cautelosamente quem são os candidatos, o seu histórico e as suas aptidões para o regime de trabalho.

Durante a entrevista, faça pesquisas inteligentes que te permitam não só medir as respostas dos indivíduos, como também a sua postura e com o que eles estão familiarizados. Os trabalhadores remotos de alto nível costumam ser propensos a agir, possuem aptidão para trabalhar a partir de prioridades, são confiáveis e possuem uma escrita proficiente.

Em paralelo, verifique se o indivíduo possui:

  • Algum histórico envolvendo o trabalho remoto;
  • Conectividade e equipamentos básicos para trabalhar sem interrupções;
  • Aptidão para usar ferramentas digitais, como VPNs;
  • Familiaridade com plataformas comunicativas de qualidade, como o Bitrix24.
Assim, durante o recrutamento, o responsável já terá uma ideia se aquele candidato é, de fato, uma boa opção para a empresa e para o modo do trabalho. 

7. Ajuste o processo de integração ao trabalho remoto

Realizar o onboarding na contratação de funcionários remotos é totalmente diferente de garantir a integração de um membro que atuará no escritório, localmente. Então, embora os objetivos do recrutamento sejam os mesmos, todo o processo deve ser adaptado.

Primeiro de tudo, garanta que o funcionário terá em mãos tudo aquilo que precisa para trabalhar remotamente. E isso inclui, lógico, o acesso às ferramentas certas – como um software colaborativo entre a equipe ou para o gerenciamento de projetos.

Além dos recursos básicos, certifique-se de que ele terá suporte durante tal fase de adaptação. Sempre que possível, inclusive, defina um líder ou coaching para guiá-lo nesta etapa inicial. Como todo o workflow será conduzido pela virtualmente, integre o colaborador na rede social interna da empresa, ou nos sistemas utilizados como tal, e garanta que ele se mantenha atualizado. Ficando em dia, sobretudo, em termos comunicativos!

Como se trata do onboarding, ainda, torna-se relevante adicionar guias e materiais explicativos para auxiliar o usuário. Se puder criar um grupo básico para tirar dúvidas, como um canal de suporte entre as equipes, melhor ainda!

O fato é que quanto maior for a disponibilidade para amparar o funcionário, melhor será a sua integração na empresa. E muito mais do que isso: será mais fácil instigar o senso colaborativo para mantê-lo no time a longo prazo.


Alavanque a sua contratação de funcionários remotos com a ajuda do Bitrix24

Ao contratar trabalhadores remotos, os empregadores devem se preocupar com uma gama de detalhes que não os desafiavam antes. É preciso tornar os documentos de contratação digitais, criar um banco de talentos on-line, estabelecer processos comunicativos eficientes e gerenciar todo o recrutamento na nuvem.

A boa notícia é que, para apoiar cada um dos estágios da contratação de funcionários remotos (ou até da sua retenção), você pode contar com o auxílio do Bitrix24.

Especializada e voltada para o trabalho remoto, a plataforma do Bitrix24 agrega um universo de ferramentas que te permitem:

  • Compartilhar arquivos em tempo real;
  • Comunicar-se com qualidade (por texto, voz ou vídeo);
  • Criar listas, tarefas e projetos;
  • Acompanhar o progresso dos colaboradores;
  • Gerenciar o banco de horas;
  • Monitorar a carga horária de trabalho;
  • Gerar um ambiente de trabalho on-line, colaborativo e unificado;
  • E muito mais!

Seja na versão convencional, pelo navegador, ou com o uso em aplicativos para desktop ou aparelhos móveis, explore tudo o que o Bitrix24 pode te oferecer e tenha muitas vantagens!


Mais do que um sistema de gestão de pessoas e RH, um pacote de trabalho on-line completo

Uma única plataforma para administrar sua empresa

EXPERIMENTE AGORA!


Free. Unlimited. Online.
O Bitrix24 é um local onde todos podem se comunicar, colaborar em tarefas e projetos, gerenciar clientes e fazer muito mais.
Cadastrar
Você pode gostar também
7 exemplos de uma metodologia de projeto
CRM para restaurantes: 7 benefícios de usar um CRM em restaurantes
O que você deve saber sobre como escolher um software de gerenciamento de equipe
10 principais ideias de conteúdo de social media para proprietários de pequenas empresas