Cadastrar

Iniciando um negócio de varejo on-line em 2022: 9 passos básicos

Iniciando um negócio de varejo on-line em 2022: 9 passos básicos
Equipe Bitrix24
20 de julho de 2022
Última atualização: 20 de julho de 2022

Qualquer que seja a sua expertise ou motivação pessoal, a internet está cheia de oportunidades. E é fato que muitos profissionais vêm tendo um sucesso enorme ao criar a sua própria loja virtual. Quer saber como iniciar um negócio de varejo on-line? Confira todos os passos básicos ao longo deste conteúdo e planeje do zero até chegar em um modelo de sucesso.


Perguntas frequentes

O que eu preciso para iniciar um negócio de varejo on-line?

Para iniciar um negócio de varejo on-line, você precisa:

  1. Definir um nicho de atuação;
  2. Escolher um produto para vender;
  3. Estabelecer um plano de negócios;
  4. Selecionar uma estrutura a seguir – B2B, B2C, vendas diretas, em marketplaces, etc;
  5. Pensar nas necessidades dos clientes;
  6. Criar uma marca autêntica;
  7. Construir o seu site;
  8. Configurar o carrinho de compras;
  9. Lançar e divulgar o seu comércio eletrônico.

Como montar uma loja virtual do zero?

Para montar uma loja virtual do zero:

  1. Busque e registre um domínio;
  2. Escolha um local para hospedar o seu site;
  3. Defina o modelo (estrutura) e design que será aplicado na loja;
  4. Adicione os produtos que serão oferecidos;
  5. Configure o carrinho de compras e os pagamentos;
  6. Promova o seu negócio virtual.

O que fazer para ter uma loja on-line de sucesso?

Para ter uma loja on-line de sucesso:

  • Estruture o seu comércio eletrônico;
  • Foque em estratégias de marketing;
  • Promova o seu site;
  • Otimize o carrinho de compras;
  • Tenha boas descrições e fotos dos produtos;
  • Crie uma marca de valor;
  • Facilite o processo de compra;
  • Conquiste boas avaliações on-line;
  • Faça promoções frequentes;
  • Foque no frete grátis.

9 passos que te ajudam a saber como iniciar um negócio de varejo on-line

Com a ascensão dos negócios digitais, ter uma loja virtual se tornou o sonho de muitos empreendedores brasileiros. Neste guia para iniciar um negócio de varejo on-line, confiram os elementos-chave para sair de uma ideia para um comércio eletrônico de sucesso.

1. Defina o nicho de mercado a ser explorado

Na internet, existem alternativas quase infinitas quando se pensa em como iniciar um negócio de varejo on-line. Isso porque os internautas encontram de tudo na rede – seja em sites locais ou internacionais. Portanto, você deve escolher uma indústria de atuação ao construir um negócio de varejo on-line.

Quando decidem criar um negócio como este, os grandes empreendedores pensam nos seus pontos fortes e em suas particularidades, analisam o mercado, e então cogitam um modelo de negócio que possa levar ao sucesso – tanto em um curto espaço de tempo, quanto a longo prazo. Nada é feito na aleatoriedade!

Para saber como iniciar um negócio de varejo on-line, questione-se sobre:

  • A modalidade de negócio que teria significado para si;
  • O nicho de mercado sobre o qual você já tem conhecimento – ou alguma familiaridade;
  • Algum setor ou indústria que está ganhando peso de mercado e virando tendência;
  • A sua experiência laboral ao longo do tempo;
  • As necessidades atuais e futuras no espaço geográfico que você pretende cobrir;
  • As lojas que possuem demandas constantes e que seguem no topo das mais acessadas em tal localidade.

Com tais ideias em mente, leve em conta o cenário competitivo, analisando a fundo o mercado, e reserve um bom tempo para se aprofundar a respeito e estudar os concorrentes. Quanto maior for o seu estudo de casos de sucesso, panorama geral e fatores relacionados, maiores as chances de iniciar um negócio de varejo on-line que tende a gerar grandes resultados!

2. Escolha um produto para vender em sua loja virtual

Dentre as etapas para iniciar um negócio de varejo on-line, definir, calmamente, os produtos com os quais você irá trabalhar é crucial. E, de fato, todos os estágios estão interligados: já que o empreendedor deve estabelecer o seu espaço no varejo para então seguir com a seleção dos produtos adequados para suprir tal demanda de mercado.

Ao pensar sobre quais produtos comercializar em um negócio de varejo on-line, tente encontrar o candidato perfeito, que é aquele que possui: logística viável, demanda ativa, produção em larga escala, diferencial de mercado e lucratividade atrativa.

Para seguir tal etapa sem a perda de recursos importantes, sejam eles financeiros ou de tempo, não hesite em realizar uma pesquisa completa para fazê-lo corretamente. Em busca de ideias de como iniciar um negócio de varejo on-line, muitos iniciantes acabam pulando etapas básicas como estas e tendo grandes prejuízos a longo prazo. Portanto, desde que a sua análise seja bem conduzida, sem dúvida, este tempo não será perdido!

3. Comece o plano empresarial

Mesmo após pensar na sua oferta, você não faz ideia de como iniciar um negócio de varejo on-line? A regra mestra para qualquer tipo de empresa (mesmo física) também é válida neste formato: comece montando um plano de negócios.

Também conhecido como plano empresarial, o plano de negócios é um documento que te ajudará a traçar o roteiro e a estrutura necessárias não só para iniciar, como também para atingir o sucesso da sua companhia de varejo.

Ao ser criada, a proposta abrange uma série de elementos, como: a análise de mercado, o plano financeiro, de operacional e de marketing – estabelecendo uma ideia clara de como os resultados desejados serão alcançados. Em paralelo, é importante que você já vá pensando sobre a estrutura adotada ao construir o negócio de varejo on-line, uma das etapas expostas logo a seguir.


Mais do que um varejo inteligente, um pacote de trabalho on-line completo

Uma única plataforma para administrar seus negócios

EXPERIMENTE AGORA!


4. Selecione o modelo de negócios preferencial

Antes mesmo de iniciar um negócio de varejo on-line, é essencial estabelecer o tipo e a estrutura do seu negócio. Afinal de contas, existem vários modelos e características específicas quando alguém decide comercializar produtos pela internet.

Em linhas gerais, você pode ter uma loja própria, através da criação de um site de vendas, atuar em um marketplace famoso ou seguir com negócios recorrentes – embora haja um universo de oportunidades. Fora isso, você também decide se vai atuar no segmento B2B ou B2C, em que os clientes são empresas ou consumidores finais, respectivamente.

Além de levar em conta as suas próprias preferências e a facilidade de implementação (seja ela logística ou não), jamais deixe de considerar os requisitos e os benefícios fiscais. Cada tipo de negócio envolve as suas próprias obrigações legais e segue estratégias e planejamentos completamente distintos. Assim, considere-os paralelamente para gerar um plano de negócios e seguir adiante com a máxima qualidade.

5. Foque nas necessidades do seu público-alvo

Existem vários tópicos que respondem à pergunta de como criar um negócio de varejo on-line. Certamente, um dos segredos relacionados é definir e atuar sobre as necessidades dos seus potenciais clientes. Até porque uma empresa sem consumidores está fadada ao fracasso – seja ela atuante no meio físico ou digital.

Desde o início, ao explorar como criar um negócio de varejo on-line, gere a sua oferta pensando no problema ou nas preferências dos seus clientes. Entenda como o seu público-alvo escolhe um produto, o que é importante para ele e o que está sendo oferecido pela concorrência – encontrando formas de superá-la através da diferenciação e do estudo dos seus pontos fortes e fracos.

Avalie as personas do seu negócio, estude os seus interesses, onde encontrá-las na web e mais. Quanto mais informações você tiver a respeito do cliente ideal, maior será a sua oportunidade de adaptar a oferta de acordo e conquistar a atenção dentro do seu mercado.

6. Crie a sua marca – de preferência, com autenticidade

Você até pode comercializar em um negócio de varejo on-line, mas, sem dúvidas, terá resultados ainda mais incríveis se construir uma marca autêntica e rica em propósito. Por isso, seja criativo a ponto de atuar com uma marca que engaje com a sua audiência e que se comunique com ela – focada nos seus ideais.

Já que você atuará no mercado digital, é mais importante do que nunca estabelecer uma identidade visual e adotá-la em todas as representações comerciais. Seja no site oficial de vendas, no logotipo que aparecerá no marketplace, na embalagem que o cliente receberá ou nas redes sociais que serão criadas.

Nesta etapa, a melhor alternativa é contar com um profissional especialista em branding para te apoiar, já que ele terá em mãos as ferramentas mais modernas e frequentemente utilizadas para entregar o melhor trabalho.

Além de pensar sobre a representação visual da sua companhia, incluindo pontos como paleta de cores e a logo, estabeleça outros elementos que compõem uma identidade de marca. Alguns exemplos incluem: cores e fontes, padrões, texturas, taglines e o tom de voz da marca.

Mas não se preocupe apenas com isso! Certifique-se de que o seu negócio digital possui um ideal e repassa uma mensagem igualitária em todas as suas abordagens. Gerar autenticidade que vai além do aspecto visual, incluindo a missão e os valores e a forma com que a empresa se comunica, também agregará um imenso diferencial.

Dentre as dicas de como iniciar um negócio de varejo on-line, esta é uma das mais indicadas para vencer a enorme concorrência de mercado. Aproveite e coloque em prática!

7. Construa o seu site

Criar um site é uma das respostas mais comuns para “como iniciar um negócio de varejo on-line”. Portanto, primeiramente, preocupe-se em escolher um provedor para a sua hospedagem (ou uma plataforma de comércio eletrônico) e comprar um nome de domínio para a sua marca. Tais passos seguem como prioritários antes mesmo de configurar, em si, o próprio site.

Por sorte, há uma gama de alternativas que te ajudam no desafio de saber como iniciar um negócio de varejo on-line, construindo uma loja virtual em poucos passos – ainda que você não saiba programar ou aplicar ferramentas de TI. Dependendo da estrutura do seu negócio, pesquise as interfaces mais recomendadas e siga com a implementação facilitada.

Assim que a parte técnica for estabelecida, gere um design para a sua página, seguindo os elementos definidos na identidade visual. Organize os produtos oferecidos em categorias, crie o conteúdo para cada uma das seções do site e prepare-se para dar vida a ele – como um passo primordial antes de atrair clientes para o seu negócio virtual.

8. Configure e personalize o seu carrinho de compras

Se você está buscando dicas básicas de como iniciar um negócio de varejo on-line, a importância da configuração do carrinho de compras não pode ser ignorada. Pois, no momento do checkout, se a experiência não for de qualidade, os clientes podem simplesmente abandonar o carrinho – te fazendo perder prospectos e vendas.

Assim, dedique um tempo especial não apenas para implementar a função de carrinho de compras em sua plataforma – como também para editá-la visando um maior índice de fechamento de vendas. Neste caso, aplicar a personalização do carrinho e utilizar as ferramentas disponíveis nas próprias plataformas de e-commerce (caso você utilize alguma delas) é extremamente viável.

Paralelamente, trabalhe com um intermediador de pagamentos seguro (de renome) e prático, focado no público local, tente facilitar ao máximo a troca de informações (evitando formulários burocráticos) e aproveite para incluir uma lista de produtos similares e complementares – maximizando as vendas.

A otimização do carrinho de compras repassa credibilidade e contribui para a experiência, sendo uma das principais dicas presentes neste guia para iniciar um negócio de varejo on-line.

9. Lance e divulgue o seu comércio eletrônico

Nos tópicos anteriores, você conferiu as estratégias básicas para saber como iniciar um negócio de varejo on-line. Uma vez que elas estejam aplicadas na prática, chega-se ao momento tão esperado de lançar a sua loja virtual e divulgá-la para o público-alvo!

Portanto, com o negócio estabelecido, os produtos organizados e a marca e o site criados, siga com o lançamento oficial e passe a aplicar as estratégias de marketing, estabelecidas ainda no seu plano de negócios. Como você trabalhará com um negócio on-line, desbravar táticas como o inbound marketing, indo além das publicações pagas, é algo que pode te fazer colher excelentes resultados ao longo do tempo. Considere adotar!


Siga as etapas para iniciar um negócio de varejo on-line e alavanque com o apoio do Bitrix24

Saber como iniciar um negócio de varejo on-line pode ser um grande desafio. No entanto, o seu maior trabalho será o de manter o negócio firme, vencendo a concorrência. Para isso, por sorte, a aplicação das ferramentas certas pode ajudar! Graças ao desenvolvimento de interfaces tecnológicas focadas, o varejo inteligente já é uma realidade. E ele se torna muito mais acessível com o universo de recursos presente no Bitrix24.

Quando o seu negócio on-line estiver em pleno vigor, conte com o apoio do Bitrix24 para manter todos os processos organizados. Desde o gerenciamento de produtos e o contato com os fornecedores até o atendimento ao cliente e o disparo de campanhas de e-mail marketing – com os dados coletados direto no seu site – a sua companhia estará um passo à frente, pronta para vender e conquistar ainda mais clientes!

Na própria plataforma, inclusive, os lojistas podem começar a criar um e-commerce e integrar uma série de aplicativos à sua loja on-line. É uma alternativa e tanto para minimizar os custos altos de implementação sem perder a qualidade. Experimente hoje mesmo!


Mais do que um varejo inteligente, um pacote de trabalho on-line completo

Uma única plataforma para administrar seus negócios

EXPERIMENTE AGORA!


Free. Unlimited. Online.
O Bitrix24 é um local onde todos podem se comunicar, colaborar em tarefas e projetos, gerenciar clientes e fazer muito mais.
Cadastrar
Você pode gostar também
Os 5 principais desafios para proprietários de pequenas empresas
Como obter feedback do cliente? 10 maneiras fáceis de coletar as opiniões dos clientes
8 Melhores Softwares de CRM grátis no mercado em 2021
Gestão de clientes: um guia para conquistar e reter clientes