Cadastrar

7 dicas para evitar riscos de segurança no trabalho remoto

7 dicas para evitar riscos de segurança no trabalho remoto
Equipe Bitrix24
10 de dezembro de 2021
Última atualização: 10 de dezembro de 2021

A expansão do trabalho remoto fez com que mais pessoas pudessem trabalhar longe do escritório. Mas, em paralelo, também trouxe um aumento considerável de partes mal-intencionadas e ataques de cibercriminosos. Portanto, os empregadores precisam de atenção extra para manter a segurança no trabalho remoto – protegendo os recursos tecnológicos que a sua equipe estiver utilizando. 

Não faz ideia de quais são os principais riscos de segurança no trabalho remoto? Ou, então, de como vencê-los perante as atividades dos seus funcionários? Não se preocupe! Trouxemos algumas dicas para que as ameaças externas não comprometam a sua rede laboral ou os resultados. 

Como manter a segurança quando os funcionários trabalham remotamente?

Com o avanço tecnológico, a força de trabalho moderna ganhou a capacidade de atuar a partir de qualquer lugar. E, a cada ano, cresce o número de profissionais e empresas que vêm aproveitando esta possibilidade.

Em conjunto, expandem as tentativas mal-intencionadas de obter acesso a dados confidenciais ou à rede corporativa. Bem como atingir o controle de dispositivos pessoais ou de uma empresa. Para minimizar tais riscos, reunimos uma série de dicas que o ajudarão a promover segurança no trabalho remoto, protegendo a tecnologia da sua força de trabalho.


1. Defina uma política de segurança no trabalho remoto

Se possível, antes mesmo de implementar o trabalho remoto, redija um documento claro, definindo a política de segurança a ser adotada pela companhia e os seus funcionários.

Cite quais protocolos de segurança devem ser seguidos pelos colaboradores. E, da mesma forma, exponha como a empresa irá apoiar tais atividades. Sem contar as consequências de possíveis inconformidades. Além de estabelecer tais regras através de um documento redigido de forma transparente, certifique-se de comunicá-las para a equipe.

 

2. Garanta uma rede segura para trabalhar

Quando atuavam a partir do escritório, os funcionários já contavam com o acesso a uma rede segura, certo? Agora, tal segurança deve ser transferida para suas ações remotas. Para fornecer uma rede segura aos colaboradores, onde quer que eles estejam, conceda o acesso a uma rede privada virtual (conhecida como VPN). O que fornecerá maior controle de acesso e privacidade – mantendo a criptografia de dados.

Logicamente, instalar um VPN não é a solução de todos os seus problemas de segurança cibernética – longe disso. Mas a soma de diferentes práticas e ferramentas levarão até a equação perfeita que trará a devida segurança no trabalho remoto.

 

3. Conscientize os colaboradores sobre práticas boas e ruins

Uma das formas de reduzir riscos e golpes é promover a educação em segurança cibernética no trabalho remoto. Faça uma breve reunião (se possível um treinamento) para deixar os funcionários saberem quais ações são encorajadas e quais devem ser evitadas. 

Quer um exemplo? Enfatize que eles jamais devem inserir suas credenciais ou enviar informações confidenciais para e-mails desconhecidos. Ou, ainda, clicar em links e abrir anexos de endereços eletrônicos suspeitos – com o qual, geralmente, não possuem contato.

Por mais que tais dicas já estejam bastante claras para alguns, outros funcionários podem sequer ter parado para pensar sobre isso. E sequer são capazes de perceber que determinada atividade pode se tratar de um golpe. Portanto, vale o alerta para evitar táticas de Pishing em e-mails falsos, bem como outras problemáticas.

 

4. Equipe os seus funcionários com as ferramentas ideais

Embora, até certo ponto, os colaboradores possam ser conscientizados para auxiliarem a evitar golpes cibernéticos, a responsabilidade de promover a segurança deve partir (embora não seja um dever exclusivo) do empregador.

Por isso, garanta que os seus funcionários tenham acesso aos recursos e ferramentas certos – dotados da segurança e tecnologia necessárias. Isso vai desde uma plataforma colaborativa segura até VPN, softwares antivírus e gerenciadores de senhas. Isso permitirá que eles se concentrem no essencial, cumprindo com o seu trabalho, e tranquilos de que, em termos de segurança, tudo está em conformidade.

 

5. Regulamente o uso de dispositivos pessoais

Grandes riscos de segurança cibernética no trabalho remoto estão envolvidos com o uso de dispositivos pessoais. Isso porque, ao usar seus próprios aparelhos, os funcionários aumentam a sua vulnerabilidade a ataques. Seja pelo fato de estarem sem um bom antivírus, do software estar desatualizado ou pelas senhas utilizadas em tais redes serem fracas. 

Caso não seja possível fornecer um dispositivo único e equipado para utilizar unicamente para o trabalho, talvez seja uma boa ideia fornecer licenças antivírus, por exemplo, para minimizar tais riscos. Implementar um gerenciador de senhas é uma alternativa bem-vinda para gerar/guardar senhas fortes. E manter softwares e ferramentas atualizadas serão um incentivo extra para manter a rede bem protegida.

 

6. Criptografe informações de alta relevância

Você e sua equipe possuem aquele tipo de informação que precisa ser armazenada com total privacidade? Sejam dados financeiros, relatórios de desempenho ou registros médicos e pessoais? Para garantir a segurança de tais arquivos, trabalhe com a criptografia de informações confidenciais.

Diversos programas permitem criar arquivos criptografados. Sendo que é possível, inclusive, criptografar o próprio disco rígido do computador. Assim, se ele cair em mãos indevidas, os dados cruciais da empresa permanecem seguros e inacessíveis. 

Além de tais cuidados com os arquivos, é válido pensar em armazená-los em um ambiente on-line seguro. Principalmente se você precisa compartilhá-los com diferentes funcionários. Para isso, conte com um sistema de gerenciamento de documentos que foca em ser seguro, moderno e criptografado. Se está em busca de algo assim, experimente o Bitrix24. 

 

7. Forneça o suporte de TI adequado

Se a sua equipe está repleta de trabalhadores remotos, garanta que eles encontrem o suporte de TI ideal em caso de dificuldades. Assim, caso surja qualquer tipo de dúvida ou insegurança, eles podem recorrer para profissionais experientes. 

Tal apoio garantirá que o treinamento inicial concedido seja bem-sucedido, minimizará a chance de golpes e contribuirá para a gestão de riscos. Além de garantir, claro, que a implementação das novas medidas não seja capaz de reduzir os níveis de produtividade dos funcionários.

 

O Bitrix24 te ajuda a conquistar um ambiente de trabalho remoto seguro e organizado

Através de diferentes camadas de proteção, o Bitrix24 é a solução colaborativa em nuvem (ou local) mais segura que você e sua equipe poderiam usufruir!

Empresas que possuem preocupações extras em termos de cibersegurança podem explorar a versão com hospedagem no seu próprio servidor. Na edição auto-hospedada, desfrute de autenticação em duas etapas, regras personalizadas para backup e o melhor da criptografia SSL e RSA. Saiba mais sobre os recursos e desfrute de um período de teste de 30 dias grátis. Cadastre-se já!

Free. Unlimited. Online.
O Bitrix24 é um local onde todos podem se comunicar, colaborar em tarefas e projetos, gerenciar clientes e fazer muito mais.
Cadastrar
Você pode gostar também
As principais alternativas ao Asana para gerenciamento de projetos este ano
8 Melhores Softwares de CRM grátis no mercado em 2021
Os 6 principais softwares gratuitos de pesquisa de mercado deste ano
Práticas recomendadas no modelo de trabalho híbrido