6 estratégias-chave para o seu comércio varejista global

6 estratégias-chave para o seu comércio varejista global
Ariane Jaeger
20 de outubro de 2021
Última atualização: 19 de outubro de 2021

Já sonhou em expandir o seu negócio para além das fronteiras nacionais? Quando se atua com o comércio varejista global, há, literalmente, um mundo de oportunidades para serem exploradas.

Enquanto muitos sequer pensam em atuar fora do país, várias companhias desejam levar sua marca para terras estrangeiras. Embora seja uma tarefa difícil, é possível colocar em prática algumas dicas para comércio varejista e obter recompensas incríveis colocando seu negócio para decolar no exterior.

Como expandir e ser um comércio varejista global: principais dicas 

Um negócio de varejo inteligente e bem pensado pode conquistar consumidores além do Brasil. Cogitou ou sonha em levar seu negócio ou marca para outras partes do mundo? Confira as dicas de gestão de comércio varejista:

Domine mercados locais (de forma individualizada)

Para obter sucesso com um comércio varejista global, você precisa atuar de forma extremamente focada. Muitos podem pensar que, expandindo para o exterior, o negócio só precisa agir de forma generalizada (em todo e qualquer canto do mundo). Mas, muito pelo contrário: apesar da presença global, é preciso dominar mercados locais e alcançar o potencial máximo neles, antes mesmo de prosseguir.

O segredo para atingir tal feito é criar estratégias altamente focadas em locais específicos – no qual se pretende atuar. Mesmo adotando uma estratégia de comércio varejista internacional, você terá seus mercados locais e específicos para agir (principalmente no início). 

Em alguns países, sua companhia se sairá melhor do que em outros. E toda vez que decidir se aventurar em uma nova região, deverá se concentrar em uma nova estratégia hiperfocada – pois cada mercado tem suas particularidades. Realize um bom estudo antes mesmo de investir capital fora do país.

Terceirize alguns processos com profissionais específicos

Tenha em mente que grandes negócios internacionais envolvem equipes gigantes, de todas as partes do mundo. Se você precisar contratar cada um dos colaboradores como parte do seu quadro fixo de funcionários, o custo poderá ser exorbitante.

Para alguns processos, pode ser mais viável trabalhar com contratantes independentes ou freelancers. Tais profissionais atuam conforme a demanda, realizando projetos específicos – e você realiza o pagamento apenas pelas atividades realizadas.

banner aprel BR_3-14.jpg

Quer um exemplo? Pense que você precisa traduzir alguns documentos da sua nova sede para o idioma daquele país. Em vez de contratar um tradutor por tempo integral (um pensamento comum para o povo brasileiro), você pode pagar por seus serviços individualizados – somente para as traduções desejadas.

Logicamente, em alguns cargos não será possível (e nem viável) terceirizar etapas. Mas, em muitos serviços, será altamente recomendado para expandir seu comércio varejista global.

Invista com força em marketing digital para o comércio varejista global

Não tem como fazer negócios internacionais longe da internet. E, sem dúvidas, o marketing digital será um dos seus principais aliados para desbravar novos mercados. Sua estrutura digital deverá ser pensada de forma omnicanal. Ou seja: com estratégias de comunicação e conteúdo em diferentes canais. Isso se aplica as vendas, no atendimento ao cliente, nas relações públicas, dentre outros.

Lembre-se, ainda, que o off-line também possui seu peso em alguns locais. Para atrair e fidelizar o maior número de clientes/leads possíveis globalmente, sua marca precisa estar presente nos canais on-line e off-line.

O marketing digital para o comércio varejista global pode não ser barato. Mas é quase impossível estar visível em rede sem investir capital. Invista em plataformas confiáveis e em segurança cibernética. Afinal de contas: ao operar em territórios estrangeiros (muitas vezes desconhecidos), seus riscos de passar por violações na internet aumentam.

Mantenha as equipes locais motivadas e engajadas

Seja no Brasil ou em qualquer outro canto do planeta, a motivação move as pessoas. Se você não tiver um time motivado atuando em um mercado local, dificilmente o negócio irá para frente. Também é ideal que o time local seja gerido por um líder de confiança, que será o profissional referência naquele mercado.

Ainda, será preciso submeter os colaboradores a diversos treinamentos, encaixando-os na cultura organizacional. Em todo caso, jamais se esqueça de inspirá-los e de procurar funcionários que se engajem com o propósito da sua marca – o que ajuda a manter a motivação a longo prazo. 

Esteja pronto para se adaptar conforme a necessidade

Desde o branding até o leque de produtos, os líderes de um comércio varejista global devem estar com a mente aberta às adaptações. Afinal: nem tudo que funciona e vende em um lugar será bem aceito no outro.

Mesmo que não seja ideal mudar o propósito e valor por trás da sua marca, vários detalhes podem ser adaptados – como a gama de ofertas e posicionamento no mercado. Sobretudo no início, é preciso trabalhar em estudos frequentes para adaptar o comércio local da forma mais viável e rentável possível (de acordo com o público daquela região e a proposta em particular).

Além de estudar o mercado, conte com um especialista em cada novo país

br_app-03.jpg

Cada território é regido por suas leis locais – que devem ser estritamente respeitadas e seguidas. Mesmo que você tenha plena experiência naquele novo mercado, ela não será a mesma que de um especialista nativo.

Além de analisar a atuação na nova região, é recomendado atuar em parceria com um especialista que entende sobre o nicho. Seja com relação às leis trabalhistas, de regularidade, de comportamento do consumidor, dentre outros detalhes.

Quanto mais pronto você estiver para atuar no comércio varejista global, focando no público com segurança, mais cedo seu negócio irá decolar! 

Não deixe barreiras geográficas te impedirem de conquistar outros territórios

Há pessoas que sentem dentro de si a necessidade de expandir. Dependendo do nicho, e quando o comércio varejista é bom, há muitas oportunidades a serem cogitadas fora do país. Se explorar mercados estrangeiros sempre foi o seu sonho, comece a se preparar com as dicas que você conferiu neste artigo.

Ainda, se você gostou desse conteúdo, acompanhe o blog do Bitrix24 para obter mais dicas para pequenos comércios varejistas. Há muito o que explorar em termos de negócios nacionais e internacionais, insights sobre organização e produtividade, CRM e mais.
Grátis. Ilimitado. Online.
O Bitrix24 é um local onde todos podem se comunicar, colaborar em tarefas e projetos, gerenciar clientes e fazer muito mais.
Você pode gostar também
6 métodos comprovados para escolher um software de gerenciamento de projetos
8 dicas básicas de como começar um negócio em casa
Os 6 principais softwares gratuitos de pesquisa de mercado deste ano
7 etapas para encontrar as melhores ferramentas de gerenciamento de fluxo de trabalho