Cadastrar

Gerenciando as equipes híbridas com eficiência: 6 dicas

Gerenciando as equipes híbridas com eficiência: 6 dicas
Equipe Bitrix24
6 de julho de 2022
Última atualização: 11 de julho de 2022

A gestão de equipes híbridas não é algo, necessariamente, novo. Mas para as empresas brasileiras, é um assunto que requer atenção – sobretudo porque, dificilmente, os funcionários tinham a oportunidade de trabalhar em casa e no escritório (em um regime híbrido).

Neste artigo, você confere as práticas mais recomendadas para gerenciar as equipes híbridas em 2022 e tudo o que é preciso para garantir o sucesso ao liderar equipes híbridas.


Perguntas frequentes


O que é uma equipe híbrida?

Uma equipe híbrida é aquela que alterna os seus dias de trabalho entre o escritório e o home office. Este modelo de trabalho segue como tendência no Brasil e no mundo e requer boas práticas de gestão de equipes híbridas para superar os desafios e vislumbrar todos os seus benefícios.

O que é a gestão de equipes híbridas?

A gestão de equipes híbridas é um conjunto de práticas que visa melhorar a performance de um time exposto ao regime de trabalho híbrido – parcialmente no escritório, parcialmente remoto. Neste caso, ela foca nas necessidades e nas metas necessárias para atingir o sucesso coletivo.

Como gerenciar as equipes híbridas?

Para gerenciar as equipes híbridas, você deve:

  • Agir com empatia;
  • Estimular o senso de equipe;
  • Instigar o foco, a responsabilidade e a resolução de problemas;
  • Confiar no seu time;
  • Promover uma comunicação eficiente;
  • Agendar conversas individuais frequentes – mas sem microgerenciar;
  • Dar as ferramentas certas para que os colaboradores façam o seu trabalho.

Quais são os desafios de gerenciar equipes híbridas?

Os maiores desafios de gerenciar equipes híbridas são:

  • Garantir a conexão entre a equipe;
  • Manter uma comunicação clara e assertiva;
  • Adaptar-se ao regime que mistura elementos do trabalho presencial e remoto;
  • Preparar os líderes para tal transição;
  • Acompanhar os resultados e a produtividade sem microgerenciar;
  • Alinhar a rotina dos funcionários;
  • Prevenir o esgotamento no trabalho.

Práticas recomendadas para gerenciar as equipes híbridas em 2022

O cenário é amplo: cada vez mais indivíduos querem ter flexibilidade no trabalho e cada vez mais empresas constatam as vantagens de adotar um modelo que misture o trabalho presencial com o remoto. Assim, a gestão de equipes híbridas segue como uma necessidade em companhias que decidem inovar promovendo uma maior liberdade para os seus funcionários.

A partir das práticas citadas a seguir, saiba como gerenciar uma equipe híbrida e desfrutar do sucesso – para ambos os lados!

1. Seja empático com os seus subordinados

Se você chegou até aqui, é porque está com algumas dúvidas ou busca insights poderosos para saber como gerenciar uma equipe híbrida, certo? Então que tal iniciar esta série de dicas conferindo uma das melhores estratégias para tal? A primeira tática para o gerenciamento de equipes híbridas é algo muito mais simples do que muitos imaginam: agir com empatia.

A todo o momento, os líderes precisam estar atentos ao sentimento dos seus funcionários – sobretudo no regime híbrido:

  • As esferas de vida pessoal e profissional estão equilibradas?
  • A carga de trabalho do colaborador está muito alta?
  • Como ele vem se sentindo com o trabalho que vem sendo realizado?
  • Há algo que o incomoda e pode ser melhorado?

O fato é que, ao trabalharem em casa, diversos empregados podem sentir uma grande dificuldade em separar a vida pessoal do trabalho. Ou, ainda, viverem aquele sentimento de que sempre precisam entregar algo mais – já que não estão indo todo dia ao escritório da empresa e querem mostrar resultados.

Agir de forma empática tende a auxiliar com o processo de adaptação e reduzir, drasticamente, a pressão imposta aos colaboradores – bem como os índices de burnout. Portanto, jamais deixe de colocar em prática!

2. Estimule o senso de equipe

Na gestão de equipes híbridas, preocupar-se com a sintonia do trabalho em conjunto é primordial! Por isso, mesmo que a sua equipe esteja trabalhando parcialmente em home office, se vendo poucos dias no escritório, é crucial oferecer oportunidades para a socialização.

Ainda que virtualmente, marquem atividades em grupo, como um café ou happy hour, ou realizem uma atividade de team building. Quanto maiores forem os estímulos para que aquele grupo de indivíduos haja como um time em si, melhor!

Se os indivíduos estiverem movidos por um propósito em comum, eles estarão muito mais aptos para cumprirem com o que é requerido – ainda que existam distrações sem fim no trabalho parcial em casa. Portanto, adotar uma plataforma colaborativa como o Bitrix24, que apoia a formação de uma cultura organizacional forte, é outra conduta extremamente indicada. Aproveite para inserir a implementação dentre as suas atividades de gestão de equipes híbridas e colha bons resultados.


Mais do que um sistema de gestão de equipes, um pacote de trabalho on-line completo

Uma única plataforma para administrar seus negócios

EXPERIMENTE AGORA!


3. Instigue o foco, a responsabilidade e as habilidades de resolução de problemas

A gestão de equipes híbridas é desafiadora porque mistura os elementos do trabalho remoto com o presencial. Portanto, aptidões que devem fazer parte da rotina de ambos os modelos precisam estar incluídas no trabalho híbrido.

Ao liderar equipes híbridas, os gestores precisam incentivar os membros da equipe a trabalharem com foco, seguidos por metas e prioridades e com a devida responsabilidade para alcançarem os resultados almejados.

Quando estiverem trabalhando em casa, por exemplo, os funcionários devem se policiar para não ceder às distrações, cumprindo com o seu checklist diário e entregando produtividade.

Mais do que isso: eles devem ser orientados para tomarem decisões assertivas e desenvolverem a habilidade de resolver problemas corriqueiros. O que é crucial para quem está atuando sem uma supervisão direta – como ocorre em alguns momentos durante o trabalho híbrido. Além de conscientizarem os trabalhadores para tais detalhes, são os líderes que permanecerão dando o suporte necessário para que tudo isso se torne realidade.

4. Confie no seu time

No regime de trabalho híbrido, é importante estabelecer políticas, processos comunicativos, metas e criar listas de tarefas. Repassando, de forma clara, o que é esperado de cada funcionário. Mas após terem o direcionamento, o ideal é que os trabalhadores sigam no seu ritmo – tendo a liberdade para entregarem os melhores resultados.

Os gerentes de equipe não só podem (como devem) delinear claramente quais são os marcos ideais. Ou seja: aqueles objetivos incríveis que seria ótimo ver no relatório de fechamento de mês. Mas, logo em seguida, eles devem dar a liberdade para que os próprios colaboradores assumam o controle.

É notável que as equipes dotadas de indivíduos que confiam uns nos outros são muito mais expostas a altos índices de produtividade das que não o fazem. Então, sem dúvidas, a confiança se torna um dos pilares da gestão de equipes híbridas – sobretudo quando os olhos dos gestores seguem longe do trabalho dos funcionários. Portanto, para vislumbrar o sucesso ao adotar tal regime, será preciso confiar no seu pessoal e deixar que os membros do time sigam com os afazeres à sua maneira.

5. Promova uma boa comunicação

Assim como a confiança, que é um elemento-chave, as equipes remotas devem ter acesso a um excelente sistema comunicativo. E, claro, precisam ser estimuladas para o utilizarem da maneira adequada. Isso porque, sem a comunicação ideal, dificilmente, o trabalho flui com a qualidade exímia – envolvendo incríveis resultados.

De preferência, realize treinamentos para que os colaboradores saibam como interagir entre si com maior proveito e assertividade. Ainda, enquanto estiver implementando o sistema comunicativo da empresa, cogite adotar uma interface com mensagens diversificadas para facilitar a troca de ideias entre todos – incluindo mensagens de voz, bate-papo, chat em grupo e, claro, as ferramentas de videoconferência.

Além de pensar na interação entre os gestores e subordinados, ou mesmo entre os colegas, é crucial ter em mente que as informações devem ser repassadas com clareza e precisão. Caso contrário, podem haver inconsciências de entregáveis e prejuízos sérios para o trabalho. Portanto, jamais menospreze o poder de uma boa comunicação!

6. Reúna-se com frequência

Com o surgimento de equipes remotas, o trabalho diário dos líderes ganhou novos desafios. Antes, uma simples troca de ideias que ocorria no elevador poderia ser o suficiente para aumentar o engajamento ou garantir o processo de checagem de uma tarefa. Mas sabemos que isso não transcorre da mesma forma no ambiente virtual.

Para certos gestores e líderes, tornou-se mais complicado ter que acompanhar cada um dos colaboradores virtualmente. No entanto, a necessidade de estar presente e fazer parte da rotina do colaborador aumentou ainda mais. Ainda que o microgerenciamento não seja recomendado, o líder jamais deve negligenciar o seu envolvimento e relacionamento com os membros da equipe. E, de preferência, deve garanti-lo com consistência.

Independentemente se o trabalho está agendado para ser feito presencialmente ou em casa, agende conversas “cara a cara” corriqueiras. Pergunte sobre o progresso do trabalho, quais obstáculos estão sendo enfrentados e se há algo a fazer para ajudá-los.

Será preciso encontrar o equilíbrio ideal para que a verificação de cada indivíduo não se torne algo exagerado, com reuniões diárias, e que, em paralelo, tenha a frequência certa – não deixando passar muito tempo entre as conversas.


Quer ter sucesso no modelo híbrido? Garanta que os funcionários tenham as ferramentas certas

Seja no escritório ou ao trabalhar em casa, os empregados precisam ter em mãos tudo o que é necessário para cumprirem com o seu trabalho. O que é realmente essencial? Na verdade, a resposta dependerá, unicamente, das particularidades de cada equipe.

Por vezes, a companhia precisará garantir uma conexão Wi-Fi mais potente e estável, certos equipamentos ergonômicos, um ótimo software de comunicação, ou até mesmo itens como webcams. Cabe aos gestores e líderes estarem atentos para identificarem cada uma das peculiaridades.

Quer um exemplo? Imagine que o líder do time promove breves reuniões remotas antes do fim de cada expediente. Mas como garantir que os funcionários estarão presentes, incluindo chamadas de alta qualidade, se a empresa não provê o acesso a ferramentas de videoconferência?

Conceda aos seus funcionários ao menos o básico para que eles possam progredir com os seus afazeres. E, sempre que possível, tente colaborar o máximo que puder para agregar produtividade (a partir de ferramentas/itens voltados para tal). Sem dúvidas, o sucesso estará um passo mais perto!


Os benefícios de gerenciar equipes híbridas com eficiência

O modelo de trabalho híbrido pode sim ser desafiador. No entanto, muitas companhias vêm percebendo que ele não é positivo apenas para os seus funcionários, já que a atuação presencial e on-line pode ter as suas próprias vantagens organizacionais.

Dentre os principais benefícios corporativos, o trabalho híbrido proporciona:

  • Redução de custos (significativos) para o empregador;
  • Maiores índices de satisfação e de retenção de funcionários;
  • Menores taxas de rotatividade ao longo do tempo;
  • Possibilidade de expansão do time – sem precisar aumentar o espaço físico de trabalho;
  • Otimização dos processos digitais dentro da própria organização;
  • Maior reconhecimento como um “bom lugar para trabalhar” – melhorando a sua posição como um bom empregador;
  • Aumento da produtividade dos colaboradores nas atividades diárias;
  • Redução do absenteísmo;
  • E muito mais.

Obviamente, abandonar o trabalho integralmente físico para implementar o regime híbrido não é algo que ocorre repentinamente. Porém, com o planejamento e a gestão ideais, é possível tomar ao seu favor estes resultados positivos a curto e a longo prazo. É por isso que o desenvolvimento de equipes híbridas vem sendo cada vez mais recomendado para atender a nova realidade de mercado.


Uma boa gestão de equipes híbridas é a nova necessidade

As necessidades dos trabalhadores mudam ao longo das décadas, mas é fato que os modelos de trabalho focados em uma maior liberdade e flexibilidade vieram para ficar. Diante de cenários distintos e até inexplorados por muitos times, a gestão de equipes híbridas se transforma em uma nova necessidade para as empresas que decidem atuar pautadas em tal realidade.

Apesar de existir uma série de desafios a serem superados na gestão de equipes híbridas, a fórmula para o sucesso não é impossível de ser atingida, já que você precisa manter os integrantes alinhados, estimular os feedbacks e a confiança, nutrir o sentimento de equipe, dentre outras coisas. Aplicando tais práticas e as dicas abordadas aqui, certamente, você e a sua equipe estarão um passo à frente, colhendo frutos positivos com o gerenciamento de equipes híbridas. Aproveite!


Mais do que um sistema de gestão de equipes, um pacote de trabalho on-line completo

Uma única plataforma para administrar seus negócios

EXPERIMENTE AGORA!


Free. Unlimited. Online.
O Bitrix24 é um local onde todos podem se comunicar, colaborar em tarefas e projetos, gerenciar clientes e fazer muito mais.
Cadastrar
Você pode gostar também
6 dicas valiosas para alinhar equipes remotas com os objetivos da sua empresa
7 etapas para encontrar as melhores ferramentas de gerenciamento de fluxo de trabalho
7 dicas sobre como gerenciar prazos de projetos de forma mais eficiente
Como construir uma cultura empresarial de sucesso: 10 dicas para líderes e fundadores