O que é inteligência artificial: 10 áreas de aplicação

11 min de leitura
Ariane Jaeger
5 de março de 2024
Última atualização: 5 de março de 2024
O que é inteligência artificial: 10 áreas de aplicação

Nesse artigo, você irá se atualizar sobre o que é inteligência artificial (IA) e descobrir quais são as formas de aproveitar essa tecnologia de forma positiva para o seu trabalho. De forma muito clara, apresentaremos como funciona a inteligência artificial, exemplos de aplicação da IA e discutiremos as vantagens e desvantagens da tecnologia.

Se quiser estar preparado para o futuro, um dos passos mais importantes está aqui. Afinal, o desenvolvimento dessa tecnologia promete alterar o próprio desenvolvimento da humanidade dentro de poucos anos.

Como funciona a inteligência artificial?

É possível definir o que é, como funciona e para que serve a inteligência artificial de diversas maneiras. Porém, de forma simples, podemos dizer que essa tecnologia é focada em fazer as máquinas pensarem como humanos, para então serem capazes de realizar tarefas definidas por nós.

Para entender melhor, precisamos pensar nas capacidades específicas dos seres humanos, as quais nos diferenciam dos demais animais:

  • Capacidade de tomada de decisões.

  • Inteligência e linguagem humana.

  • Resolução de problemas.

  • Análise de padrões e dados do ambiente.

  • Etc.

Desde que adquirimos essas habilidades, passamos a utilizar instrumentos que nos ajudam a resolver tarefas. Atualmente, estamos próximos ao ápice disso: a inteligência artificial basicamente repete e amplia a capacidade de processamento de dados do cérebro humano.

De que forma a IA é feita: machine learning e deep learning

A inteligência artificial é criada quase como um espelho do cérebro humano. Para ser feita, conhecimentos como a ciência da computação e programação são envolvidos. Os profissionais dessas e outras áreas simplesmente ensinam padrões e formas para que o computador reconheça esses sistemas.

Com algoritmos complexos e treinados por um longo tempo, as máquinas passam a ser capazes de operar de forma ativa. Dois processos importantes são o aprendizado de máquina (machine learning) e o deep learning. Enquanto o primeiro é um treinamento para reconhecimento de padrões e análise de dados, o segundo intensifica isso. O deep learning, uma parte do machine learning, propõe algoritmos para refletirem o próprio cérebro humano nas chamadas redes neurais.

4 tipos de inteligência artificial

É possível classificar a IA seguindo diferentes definições. Porém, a mais comum é dividir essa tecnologia nos 4 tipos abaixo. Confira para entender melhor em que momento estamos no desenvolvimento da inteligência das máquinas.

1. Máquinas reativas

Já nos anos 90, a IA estava presente! E o Deep Blue é o maior exemplo de uma inteligência artificial reativa. Em poucas palavras, esse é um tipo de artificial intelligence sem memória, ou seja, sem a capacidade de armazenamento de dados que marca muitas máquinas e algoritmos populares atualmente.

Essa tecnologia era basicamente um supercomputador que conseguiu vencer grandes atletas de xadrez simplesmente utilizando o seu raciocínio lógico. Uma habilidade humana, adquirida pela máquina. É bastante provável que esse modelo mais antigo não te interesse. Ao contrário do próximo, que com certeza já passou pelos seus olhos e mãos.

2. IA de memória limitada

As inteligências artificiais de memória limitada constituem a maioria das existentes atualmente. Alexa, Siri e o CoPilot da Bitrix são alguns exemplos de tecnologia com esse sistema. A característica desse tipo é captar o comportamento humano e preferências do usuário, agindo de forma que eles sejam atendidos.

Grátis. Ilimitado. On-line.

O CoPilot do Bitrix24 é o assistente virtual movido por IA que revolucionou a maneira de fazer negócios

EXPERIMENTE AGORA

3. Teoria da mente

Ainda em desenvolvimento, esse tipo de inteligência artificial toma um passo além, sendo capaz de compreender como os humanos sentem e pensam. Isso facilitará ainda mais as diversas aplicações da tecnologia, conforme ela seja utilizada em nosso dia a dia.

4. IA autoconsciente

A IA autoconsciente é uma experiência que ainda permanece nos filmes. Esse é o mais alto grau imaginável atualmente dessa tecnologia – mas quem sabe exista algo além? Nesse tipo de programação, as máquinas passam a pensar, sentir e falar como humanos. Podem pensar livremente e basicamente "imitar uma mente". Exige um aprendizado profundo e a tendência é que esses modelos surjam em algum momento não muito distante.

10 Aplicações e exemplos de inteligência artificial no dia a dia

Após essa apresentação mais teórica, vamos discutir sobre inteligência artificial na prática. Veja como ela já está sendo utilizada atualmente e, em seguida, mostramos como aplicar no seu trabalho. Com certeza, algum dos exemplos abaixo será bastante útil para as tarefas e problemas do seu dia a dia.

1. IA generativa, ChatGPT e o processamento de linguagem natural

A IA generativa foi o que fez a discussão sobre a inteligência artificial entrar de vez em debate público. Podendo criar textos, imagens, vídeos e atender a diversas demandas nesse setor, a tecnologia vem sendo utilizada no marketing, educação, recursos humanos e muitas outras áreas. Esse é o tipo de ferramenta que pode ser importante para o futuro do seu negócio.

2. Transporte

A inteligência artificial nos carros autônomos, que são capazes de reconhecer de forma consistente o movimento de outros veículos e do ambiente, é um dos exemplos de aplicação mais populares. Entretanto, a IA também é útil para organizar o tráfego e melhorar o deslocamento humano como um todo.

3. Saúde

Sendo capaz de identificar padrões, é fácil pensar como a inteligência artificial pode ajudar na saúde do ser humano e outros animais. Alguns exemplos já em prática são:

  • Análise de comportamentos e dados diagnósticos relacionados a diferentes patologias.

  • Acompanhamento de procedimentos cirúrgicos e outras intervenções.

  • Dispositivos eletrônicos para acompanhar e alertar emergências.

4. Cibersegurança

Em algum momento, o mundo tão conectado com a Internet se viu ameaçado pelas diversas invasões possíveis online. A inteligência artificial surge como uma das principais medidas para garantir que a convivência na Internet possa ser mais segura.

Cibersegurança

5. Administração pública

A análise e reconhecimento de comportamentos, preferências, riscos e muitos outros fatores podem ajudar governos na administração pública. Com uma racionalidade cada vez mais desenvolvida, em pouco tempo essa tecnologia poderá ajudar na tomada de decisões mais justas e bem analisadas.

6. Tarefas do dia a dia e rotina de trabalho

Somente quem já teve problemas para organizar o tempo e atividades de um dia, semana ou mês entenderá essa aplicação. A inteligência artificial já é utilizada de muitas formas nesse campo mais pessoal. Algumas você com certeza conhece:

  • Aplicativos de navegação GPS.

  • Recomendações de compras conforme suas necessidades e pedidos.

  • Organização financeira e de tempo.

  • Saúde, analisando tempo de trabalho, sono etc.

  • Assistentes personalizados, como um secretário exclusivo em forma de máquina.

  • Filtrar e personalizar feed, e-mails e a experiência na Internet, de forma geral.

7. Relacionamento com o cliente

Seja você um micro empreendedor ou dono de uma grande empresa, há muitas formas de usar a inteligência artificial para automatizar sua relação com o cliente. Nós temos um artigo específico sobre isso, chamado 7 segredos para usar a IA para melhorar a experiência do cliente. Lá, trouxemos exemplos como:

  • Otimizar campanhas de marketing.

  • Bots inteligentes para atendimento.

  • Algoritmos para coleta e análise de dados.

8. Educação

Uma das grandes dificuldades das escolas atualmente é adaptar seu ensino às mudanças que a tecnologia provoca no próprio comportamento dos estudantes. Por que não gerenciar isso com a ajuda de inteligências artificiais? São muitas formas de utilizar a IA nesse ramo, como:

  • Detecção de plágio.

  • Chatbots para melhor interação e personalização de tarefas.

  • Sistemas mais modernos para avaliar, ensinar e colher feedbacks de melhor forma.

  • Otimização das pesquisas e redução de carga de trabalho de professores, com automatização de provas, atividades e outras responsabilidades.

9. Entretenimento

Atualmente, a personalização de filmes, séries e jogos já é feita utilizando a inteligência artificial. Entretanto, conforme essa tecnologia e seus algoritmos vão se desenvolvendo, é bem provável que isso fique cada vez mais assertivo. Assim, a sua dificuldade de escolher um filme em uma tarde de domingo será bem menor.

10. Astronomia

É bem provável que você não trabalhe nesse setor, mas, vale a pena mencionar como curiosidade. Descobertas cada vez mais mirabolantes sobre o universo (e por que não sobre o mar, ainda muito desconhecido?) surgirão com a ajuda da IA.

O que é inteligência artificial: 10 áreas de aplicação

Como usar a inteligência artificial no seu trabalho

A maneira de aproveitar a inteligência artificial não depende muito do seu setor de atuação, mas, principalmente, do seu cargo e profissão. Por isso, veja várias formas de usar a inteligência artificial no seu trabalho. Analise se alguma delas se aplica ao seu contexto e aproveite:

  • Produzir, traduzir ou resumir textos de anúncios, redes sociais etc.

  • Pesquisar, editar ou criar imagens e vídeos.

  • Estruturar processos contábeis e administrativos da empresa.

  • Automatizar tarefas simples e repetitivas.

  • Análise de dados.

  • Facilitar a experiência de assistência e atendimento virtual.

  • Criar serviços, produtos e ideias mais personalizadas.

  • Melhorar processos internos da empresa – contratação, socialização, demissão etc.

  • Escrever e-mails.

  • Criar fórmulas do excel.

  • Entender contextos e assuntos difíceis.

  • Correções ortográficas.

  • Criar sites.

  • Transcrever reuniões.

Caso não tenha encontrado algo que se aplique às suas necessidades, recomendamos fortemente que simplesmente pesquise: inteligência artificial + (a atividade que deseja facilitar em sua vida). É provável que encontre algo que te atenda.

Vantagens e desvantagens de usar a IA

Agora que sabemos bem o que a inteligência artificial pode fazer, precisamos entender os prós e contras de automatizar tarefas e da tomada de decisão feita por meio dessa tecnologia. Veja a nossa opinião a seguir.

Vantagens da IA

Os pontos positivos da inteligência artificial e as redes neurais cada vez mais desenvolvidas já estão claros:

  • Redução de erros e problemas.

  • Produtividade aumentada.

  • Resultados mais consistentes.

  • Experiência do consumidor otimizada.

Desvantagens da IA

Logicamente, a inteligência artificial traz alguns problemas que devem ser analisados com bastante cuidado:

  • Custos elevados.

  • Reduz empregabilidade.

  • Menos versatilidade.

  • Perda de um elemento da criatividade.

Sobre o último tópico, precisamos esclarecer: alguns algoritmos de inteligências artificiais generativas provam que podem gerar textos mais criativos que muitos profissionais. Entretanto, apesar de trazerem mais elementos, a criatividade humana, mais subjetiva, só é atingida por seres humanos. Apesar disso, quando os "robôs humanos" estiverem em cena, talvez essa realidade mude. Isso nos leva a uma discussão importante sobre a ética na inteligência artificial.

O que é inteligência artificial: 10 áreas de aplicação

Ética na IA

Quanto mais a IA participa na vida do ser humano, mais nossas próprias vidas se entrelaçam com a tecnologia. Por isso, é necessário mencionar a discussão sobre a ética no uso da inteligência artificial. Veja alguns pontos importantes e problemáticos, nesse sentido:

  • O humano sempre terá um viés, querendo ou não. Por isso, qualquer inteligência treinada pelo aprendizado de máquina deve ser capaz de garantir o mínimo de neutralidade. Caso contrário, esse instrumento pode operar prejudicando algumas pessoas ou grupos específicos.

  • Os direitos autorais já são uma discussão muito atual com as IA generativas. Diversos artistas já se manifestaram exigindo um melhor rigor nesse sentido.

  • Vazamento e exploração de dados. As empresas precisam se adaptar e garantir um sistema de segurança e proteção de informações mais especializado. Afinal, a inteligência artificial consegue interagir mais profundamente com o usuário.

Conclusão

Nesse texto, você conferiu uma definição rápida e precisa da inteligência artificial e conheceu as principais áreas de aplicação. É possível utilizar essa tecnologia em uma diversidade de tarefas e provavelmente algum dos exemplos que citamos será útil para o seu caso.

Para começar nesse universo, por que não testar um software com inteligência artificial que pode simplesmente te ajudar a vender mais? Se você tem clientes ou quer adquirir novos leads, nosso sistema de CRM é equipado com ferramentas de IA para criar conteúdos e melhorar sua relação com o consumidor.

Ganhar dinheiro sem gastar demais é o que as inteligências artificiais e a Bitrix te ajudam a conseguir. E tudo começa com um simples cadastro grátis na plataforma. Seja bem-vindo!

Grátis. Ilimitado. On-line.

O CoPilot do Bitrix24 é o assistente virtual movido por IA que revolucionou a maneira de fazer negócios

EXPERIMENTE AGORA

Perguntas frequentes

Inteligência artificial: o que é?

A inteligência artificial, IA ou AI é um sistema criado por humanos que visa raciocinar ou agir como os seus criadores. Ou seja, ela pode produzir conteúdos, resolver problemas, tomar decisões e muitas outras ações após um determinado treinamento.

Como funciona a inteligência artificial?

A inteligência artificial funciona de diferentes formas dependendo da categoria. Mas, de modo geral, ela é criada a partir de um treinamento feito por profissionais de algumas áreas, principalmente em ciência da computação.

Como acessar a inteligência artificial GPT?

Para usar o ChatGPT, você só precisa entrar no site da empresa e fazer um simples login. Se quiser, também pode utilizar ferramentas bem semelhantes em softwares como o da Bitrix.

Qual é a inteligência artificial do Google?

O Google tem diferentes inteligências artificiais, mas, anteriormente chamada Bard, a Gemini é a mais falada. Essa IA compete com o ChatGPT 4 na categoria de modelos generativos e chatbots.

O que é AI?

AI é o termo em inglês para inteligência artificial, que significa "artificial intelligence". Muitas pessoas se referem a essa tecnologia utilizando essa abreviação.

Mais populares
10 dicas profissionais sobre como lidar com os colegas de trabalho difíceis
10 melhores softwares de contabilidade para pequenas empresas
Os 13 melhores criadores de sites para pequenas empresas em 2023
Coordenador de Projeto x Gerente de Projeto: Principais Diferenças
10 melhores ferramentas de liderança para uma gestão de sucesso
Índice
Como funciona a inteligência artificial? De que forma a IA é feita: machine learning e deep learning 4 tipos de inteligência artificial 1. Máquinas reativas 2. IA de memória limitada 3. Teoria da mente 4. IA autoconsciente 10 Aplicações e exemplos de inteligência artificial no dia a dia 1. IA generativa, ChatGPT e o processamento de linguagem natural 2. Transporte 3. Saúde 4. Cibersegurança 5. Administração pública 6. Tarefas do dia a dia e rotina de trabalho 7. Relacionamento com o cliente 8. Educação 9. Entretenimento 10. Astronomia Como usar a inteligência artificial no seu trabalho Vantagens e desvantagens de usar a IA Vantagens da IA Desvantagens da IA Ética na IA Conclusão Perguntas frequentes
Você também pode gostar
Blogs
Webinars
Glossário

Free. Unlimited. Online.

O Bitrix24 é um local onde todos podem se comunicar, colaborar em tarefas e projetos, gerenciar clientes e fazer muito mais.

Comece grátis
Você também pode gostar
Como cultivar relacionamentos com os clientes on-line? 7 dicas profissionais
Como cultivar relacionamentos com os clientes on-line? 7 dicas profissionais
10 min de leitura
10 dicas para criar um calendário de mídia social eficaz [Guia Completo]
10 dicas para criar um calendário de mídia social eficaz [Guia Completo]
9 min de leitura
9 dicas cruciais para reduzir a rotatividade de funcionários
9 dicas cruciais para reduzir a rotatividade de funcionários
11 min de leitura