10 Erros de Social Selling que Sua Empresa Deve Evitar a Todo Custo

10 min de leitura
Ariane Jaeger
19 de fevereiro de 2024
Última atualização: 20 de fevereiro de 2024
10 Erros de Social Selling que Sua Empresa Deve Evitar a Todo Custo

Social selling é um conceito importantíssimo na era das redes sociais, sendo indispensável para vários segmentos. Mais do que utilizar estas ferramentas através de estratégias antigas de marketing, é preciso ter uma boa noção de como nutrir uma relação sólida e rentável com seu público.

Dito isso, neste artigo vamos mostrar o que você deve evitar ao utilizar redes sociais de forma comercial. Responderemos algumas dúvidas básicas e daremos dicas para quem deseja melhorar suas técnicas e resultados. Continue a ler e fique atento.

1. Não investigar profundamente os clientes potenciais antes de iniciar ações de vendas sociais

Um erro comum de muitas empresas de diferentes portes é iniciar estratégias de social selling sem nem mesmo conhecer seu público alvo. Isso resulta em ignorar o principal potencial das redes sociais: otimizar os recursos utilizados justamente para atingir uma fatia específica do mercado. Não aproveitar isso não só o afasta dos resultados positivos, como pode ser prejudicial a longo prazo.

Por isso, antes de iniciar tais estratégias, é de suma importância saber quem você deseja atingir. Por exemplo, lojas de roupas artesanais focam em perfis muito diferentes dos grandes varejos. O mesmo vale para muitos outros segmentos que se beneficiam da atenção recebida em redes sociais.

Assim, ao conhecer seu público, é possível produzir conteúdo que ele deseja consumir, em vez de apenas propagandas ou postagens genéricas. Mais importante ainda: você poderá atingir esferas que outras empresas não atingem ou até mesmo criar um nicho específico a partir dos já existentes.

Erros de Social Selling

2. Compartilhar conteúdo irrelevante regularmente

Já deixou de seguir algum perfil por conta de postagens inadequadas, irrelevantes ou sem nenhum esforço em termos de qualidade? Quem busca evitar armadilhas no social selling precisa saber que o conteúdo deve ter um padrão para ser bem recebido pelo público. Isso inclui desde o assunto abordado até a honestidade do que está sendo dito.

Afinal, mesmo quando se fala de entretenimento, o público das redes sociais quer consumir conteúdos que lhe chamem atenção, sejam verdadeiros e atuais. Se você entregar o oposto, perderá a atenção que já possui e ainda pode sofrer para conquistar uma nova audiência, já que não terá uma boa reputação. Claro, também jogará fora todos os esforços colocados.

Por isso, cada interação deve ser bem pensada, fazendo parte de um plano maior. Mesmo conteúdos leves, como postagens em datas comemorativas, devem ser feitos de forma responsável e condizente com a abordagem da sua organização.

3. Ignorar a importância do compromisso e do acompanhamento

Redes sociais exigem um acompanhamento constante e praticamente ininterrupto. Diferentemente de outros veículos de comunicação, tais ferramentas vão além do conteúdo consumido passivamente. Na verdade, grande parte da confiança nutrida entre consumidor e empresa costuma surgir pelos contatos diretos.

É nesse ponto que muitos profissionais cometem erros em social selling: em vez de dar respostas rápidas e aproveitar aquele claro interesse, deixam de lado ou não prosseguem com a abordagem. Isso pode culminar em oportunidades de conversões perdidas e até mesmo num prejuízo para a reputação do negócio, já que a falha será provavelmente lembrada pelo cliente.

Mas como dar atenção a tantas pessoas e em tantos horários diferentes? Atualmente, há soluções para isso. Um exemplo muito útil são as oferecidas pela Bitrix24, que permitem automatizar os primeiros contatos e acompanhar de perto qualquer interação. Elas podem ser úteis até mesmo para a análise futura de como cada estratégia se sucedeu. 

Grátis. Ilimitado. On-line.

Não cometa mais erros na escolha do seu software de vendas! O Bitrix24 é a ferramenta de vendas que vai impulsionar os seus negócios!

EXPERIMENTE AGORA

4. Perder o verdadeiro potencial das redes sociais ao utilizá-las como canais promocionais

Redes sociais não devem ser confundidas com meios tradicionais de propaganda, como televisão, jornais ou rádio. Como dito anteriormente, elas não são ferramentas de exposição passiva, em que apenas se assiste algo. Na verdade, a interação é o que as diferencia, sendo possível ter um contato muito mais profundo com cada conteúdo exposto.

Por isso, utilizar estratégias de vendas sociais apenas com marketing direto, como anúncios pagos ou postagens que só expõem seus produtos, é um grande erro. Basta pensar na sua experiência pessoal: você costuma consumir propagandas virtuais de serviços que não conhece ou daqueles pelos quais já nutre certa confiança?

Nesse sentido, se busca saber como otimizar o social selling, é importante expandir o foco além do marketing direto tradicional. Mostre que sua empresa tem muito a oferecer e que realmente pode se conectar com cada cliente.

5. Ter funcionários que não sejam treinados em gestão de vendas sociais

Usar uma rede social no dia a dia é muito diferente de gerir perfis voltados a um social selling eficaz. Por isso, é preciso delegar tais atividades para um colaborador capacitado e com tempo para realizá-las, evitando falhas no social selling.

Claro, também é necessário dar os meios para utilizar o social selling para negócios. Isso inclui preparar os colaboradores com cursos ou treinamentos, abordando os vários fatores envolvidos. A preparação deve abranger até mesmo as ferramentas técnicas, soluções de análise do público, entendimento de algoritmos das plataformas, técnicas de engajamento e análise de dados para uma estratégia de social selling mais eficiente.

Vale dizer que outros membros da sua equipe podem auxiliar. Por exemplo, ao testar estratégias de vendas sociais, seu público-teste podem ser outros colaboradores. Você também pode usar as visões pessoais de cada um para avaliar os resultados obtidos, saber quais pontos precisam de ajustes e onde basta manter as melhores práticas de social selling.

Erros de Social Selling

6. Não otimizar perfis sociais ou postar de forma consistente

Cada plataforma na categoria de redes sociais possui ferramentas impressionantes de otimização, principalmente nos perfis que usam social selling para negócios. É possível atingir pessoas de uma região específica, determinar a faixa de idade e muitos outros ajustes.

Sabe qual um dos maiores erros em social selling? Ignorar tudo isso e apenas postar conteúdos usando as configurações padrões dos serviços. Tal prática resulta no desperdício de todo o potencial dessas plataformas, que é justamente atingir seu público de forma concentrada e eficiente.

Mas como aplicar um social selling eficaz e otimizado? Primeiramente, utilizando as ferramentas tanto das próprias redes sociais, como de soluções como o Bitrix24. Além disso, ajuste os perfis de sua organização para serem encontrados facilmente, seja pelo nome da empresa ou por quem busca um serviço que ela oferece.

7. Buscar a conversão sem gerar confiança prévia

Vender sem se conectar ao cliente é algo muito complicado, mesmo quando há uma grande demanda para o que está sendo ofertado. Inclusive, as redes sociais exigem uma confiança maior entre o público e a empresa, já que a interação é mais prolongada, intensa e constante. 

Por conta disso, não queime etapas e aplique uma das principais dicas para social selling: invista na percepção que seus clientes possuem da sua marca antes de tentar realizar conversões. Com isso, evitará que sua organização seja vista somente como uma oferta, em vez de uma empresa real, com valores, missões e objetivos.

Ter a confiança do seu público também resultará em mais interações, mais tempo gasto consumido, conteúdos e outros indicativos positivos. Em redes sociais, isso é extremamente importante, já que elas passam a expor seu perfil cada vez mais conforme recebe mais atenção. 

Em suma: ter uma relação de confiança com seu público-alvo é necessário para manter sua exposição e obter melhores resultados a médio e longo prazo.

8. Evitar usar ferramentas que contribuam para a venda social

Passar horas respondendo a mensagens, analisar os dados de cada postagem individualmente, fazer postagens em horários diversos… tudo isso exige tempo, recursos, muita atenção e pode ocupar vários colaboradores. Inclusive, é o que afasta muitos profissionais que desejam implementar estratégias de vendas sociais.

Dessa maneira, uma das maiores armadilhas no social selling é tentar aplicar todas as suas estratégias por conta própria, sem nenhuma automatização ou ferramentas auxiliares. Na verdade, mais do que tornar suas atividades mais eficientes, essas soluções são um diferencial para alcançar resultados de alto nível, como demonstrado por quem é bem-sucedido no segmento.

Assim, os serviços oferecidos pelo Bitrix24 também se aplicam dessa maneira. Eles podem poupar grande parte do tempo gasto com ações rotineiras, coleta de dados e até mesmo com a própria divulgação do conteúdo.

Outro ponto importante que justifica buscar ferramentas do tipo é ter um controle concentrado. Em vez de utilizar várias plataformas distintas, é possível acessar tudo num único local. Isso também servirá para expandir sua operação, caso o público cresça rapidamente.

Erros de Social Selling

9. Não levar em consideração os problemas do alvo e, portanto, não se conectar com eles

Há duas armadilhas no social selling que são comuns até mesmo entre quem já possui certa experiência: não abordar temáticas realmente importantes para o público e tentar solucionar problemas que não são tão relevantes.

Em outras palavras, falhar em resolver as necessidades do seu público costuma resultar na perda de atenção, seguidores e relevância. Consequentemente, também terá dificuldades para expandir sua presença digital e converter seus esforços em ganhos reais.

Levando tudo isso em consideração, nota-se a importância de focar nos problemas reais dos seus clientes. E isso não inclui apenas oferecer serviços e produtos que eles desejam, mas conteúdos úteis. 

Por exemplo, que tal apresentar dicas relacionadas a sua categoria? Ou mostrar curiosidades sobre determinado item? Conteúdos com novidades e atualizações são outra abordagem com uma boa recepção. 

10. Focar todos os esforços numa única rede social

A última das nossas dicas para social felling envolve variar suas estratégias em redes sociais. Explicando de forma mais detalhada, concentrar todo seu esforço e público num único serviço pode ser problemático.

Não é raro que uma mera mudança nos algoritmos de uma determinada ferramenta faça milhares de perfis perderem atenção, inclusive aqueles que utilizam social selling para negócios. Além disso, redes sociais também podem deixar de funcionar. Basta recordar momentos em que grandes serviços saíram do ar e impactaram diversas empresas.

A solução para isso é diversificar sua atuação. Mesmo que uma plataforma seja o alvo principal da maioria das ações de divulgação, não deixe de cultivar um certo público em outros locais. Fora isso, busque saber quais são os lançamentos da temporada. Apesar de ser um setor bem consolidado, novas redes sociais podem surgir, então busque garantir sua posição desde o início.  

Desenvolva uma estratégia poderosa de vendas sociais

Aplicar táticas de venda em redes sociais é algo complexo e há muitos momentos em que erros podem impactar seus resultados. Todavia, com cada vez mais ferramentas auxiliares, é possível evitar grande parte das armadilhas do segmento.

O Bitrix24 é um dos melhores exemplos nesse sentido. Utilizando-o, é possível concentrar suas ações de social selling em um único local, acompanhar os resultados de cada uma delas e ainda automatizar diversos processos. Unindo tais soluções com as dicas para social selling mostradas no texto, é possível ter bons resultados com as redes sociais.

Grátis. Ilimitado. On-line.

Não cometa mais erros na escolha do seu software de vendas! O Bitrix24 é a ferramenta de vendas que vai impulsionar os seus negócios!

EXPERIMENTE AGORA

Perguntas frequentes

Quais são os erros mais comuns no social selling que as empresas devem evitar?

Os erros mais comuns no social selling que as empresas devem evitar são variados. Entretanto, estes merecem mais atenção:

  • Não investigar profundamente os clientes potenciais antes de iniciar ações de vendas sociais;

  • Ignorar a importância do compromisso e do acompanhamento

  • Compartilhar conteúdo irrelevante regularmente;

  • Perder o verdadeiro potencial das redes sociais ao utilizá-las como canais promocionais;

  • Ter funcionários que não sejam treinados em gestão de vendas sociais;

  • Não otimizar perfis sociais ou postar de forma consistente;

  • Buscar a conversão sem gerar confiança prévia;

  • Evitar usar ferramentas que contribuam para a venda social;

  • Não levar em consideração os problemas do alvo e, portanto, não se conectar com eles.

Como identificar e corrigir falhas na estratégia de social selling?

Para identificar e corrigir falhas na estratégia de social selling, é preciso estudar a fundo diferentes fatores. Isso inclui os serviços ou produtos oferecidos pela sua empresa, qual público deseja atingir, qual a reputação já existente e quais recursos podem ser empregados em tais estratégias.

A correção deverá partir dos resultados de tais análises. Além disso, é importante focar no que há de mais inovador. O conteúdo deve refletir assuntos em alta, adaptarem-se aos diferentes períodos do ano e assim por diante.

Qual a importância de evitar erros no social selling para o sucesso empresarial?

A importância de evitar erros no social selling para o sucesso empresarial é justamente cultivar uma relação positiva com seus clientes sem criar uma reputação prejudicial. É preciso aplicar diferentes níveis de esforços conforme seus objetivos, sendo necessário conhecer o meio antes de iniciar suas estratégias.

Mais populares
10 dicas profissionais sobre como lidar com os colegas de trabalho difíceis
10 melhores softwares de contabilidade para pequenas empresas
Os 13 melhores criadores de sites para pequenas empresas em 2023
Coordenador de Projeto x Gerente de Projeto: Principais Diferenças
10 melhores ferramentas de liderança para uma gestão de sucesso
Índice
1. Não investigar profundamente os clientes potenciais antes de iniciar ações de vendas sociais 2. Compartilhar conteúdo irrelevante regularmente 3. Ignorar a importância do compromisso e do acompanhamento 4. Perder o verdadeiro potencial das redes sociais ao utilizá-las como canais promocionais 5. Ter funcionários que não sejam treinados em gestão de vendas sociais 6. Não otimizar perfis sociais ou postar de forma consistente 7. Buscar a conversão sem gerar confiança prévia 8. Evitar usar ferramentas que contribuam para a venda social 9. Não levar em consideração os problemas do alvo e, portanto, não se conectar com eles 10. Focar todos os esforços numa única rede social Desenvolva uma estratégia poderosa de vendas sociais Perguntas frequentes
Você também pode gostar
Blogs
Webinars
Glossário

Free. Unlimited. Online.

O Bitrix24 é um local onde todos podem se comunicar, colaborar em tarefas e projetos, gerenciar clientes e fazer muito mais.

Comece grátis
Você também pode gostar
9 dicas cruciais para reduzir a rotatividade de funcionários
9 dicas cruciais para reduzir a rotatividade de funcionários
11 min de leitura
10 Melhores Alternativas ao Shopify para Impulsionar o seu E-commerce
10 Melhores Alternativas ao Shopify para Impulsionar o seu E-commerce
10 min de leitura
10 dicas para criar um calendário de mídia social eficaz [Guia Completo]
10 dicas para criar um calendário de mídia social eficaz [Guia Completo]
9 min de leitura