Cadastrar

O guia definitivo para automação de vendas em 2022

O guia definitivo para automação de vendas em 2022
Equipe Bitrix24
10 de março de 2022
Última atualização: 10 de março de 2022
Automatizar as vendas vai além de economizar tempo e dinheiro. Quando bem aplicado, o processo pode maximizar a sua receita, melhorar os níveis de satisfação dos clientes e levar o seu negócio a outro patamar. Por isso, acompanhe este guia para automação de vendas e corra já implementar tais práticas junto ao seu time.

Perguntas frequentes


O que é automação de vendas?

A automação das vendas é o processo de mecanização de tarefas envolvendo vendas manuais. O objetivo é que os representantes de vendas possam focar o seu tempo em se conectar e vender, em vez de realizar tarefas repetitivas e puramente administrativas ou burocráticas. O processo ocorre graças à aplicação de softwares, ferramentas digitais e recursos de inteligência artificial (IA).

Como automatizar suas vendas?

Para automatizar as vendas:
  • Use um banco de dados inteligente para prospectar os clientes;
  • Capture e nutra os leads via CRM, a partir dos dados coletados em canais;
  • Atribua leads ao responsável apropriado com a ajuda de softwares;
  • Utilize a pontuação de leads;
  • Personalize comunicados, templates SMS e campanhas de e-mail, emitindo-os automaticamente;
  • Trabalhe com relatórios instantâneos;
  • Gere faturas automaticamente pelo CRM.

Por que o processo de automação de vendas é importante?

As ferramentas de automação de vendas são importantes porque são capazes de:
  • Aumentar o desempenho dos representantes de vendas;
  • Turbinar a eficácia e os resultados da equipe;
  • Reduzir o tempo de resposta e aumentar os níveis de satisfação do cliente;
  • Possibilitar que equipes de vendas atuem mesmo com poucos recursos (sejam eles financeiros ou de pessoal);
  • Maximizar o faturamento da empresa;
  • Criar um processo de vendas padronizado e ágil;
  • Melhorar o aproveitamento de dados dos leads e geração de oportunidades.

Qual parte do processo de vendas pode ser padronizado?

O ideal é que o foco do processo de automação de vendas esteja direcionado para ações operacionais, burocráticas e repetitivas – que não exijam práticas dotadas de inteligência ou conexões humanas personalizadas. Exemplos incluem:
  • Coleta de dados de clientes;
  • Organização das informações do público-alvo;
  • Processamento de compra e pagamentos;
  • Disparo de e-mails (segmentado pela etapa do funil);
  • Web chat automático e discador automático.


9 elementos cruciais para automatizar as vendas

Neste guia de automação de vendas, queremos mostrar a você quais são os recursos de automação responsáveis por fazer o seu negócio decolar. E que, sem dúvidas, você deve aplicar junto ao seu time. Prontos para conferir? Vamos lá!  


1. Banco de dados inteligente para a prospecção de clientes

Em um guia para automação de vendas, não poderíamos deixar de incluir um recurso tão crucial: um excelente (e inteligente) banco de clientes.  

Questione-se sobre o seguinte cenário: imagine que você tem um formulário on-line que captura, automaticamente, dados dos clientes interessados que visitam o seu site. O que fazer com todas essas informações? Se você tiver que processá-las e segmentá-las uma a uma, pode faltar tempo e levar a perda de oportunidades.

Em contrapartida, se você contar com um processo automatizado, tais dados serão organizados por conta própria e os agentes serão responsáveis, apenas, por avaliá-los em busca de bons prospectos.

Outro ponto importante está no fato de que, tendo acesso aos dados ideais, os seus vendedores poderão direcionar muito mais perfeitamente o processo de vendas. Utilizando as palavras certas para se conectar com o cliente, por exemplo – sempre pensando nas suas reais necessidades.

Nesta hora, o CRM é uma ferramenta importante para simplificar o trabalho. E, consequentemente, melhor direcioná-lo. Portanto, é essencial contar com um banco de clientes que esteja suficientemente preparado para agrupar informações de forma personalizada. A longo prazo, isso somará o aumento das vendas, receita e produtividade.


2. Captura e nutrição de leads

Um fator fundamental para a automação de vendas está na capacidade de capturar os seus leads e enriquecê-los de forma mais ágil, aumentando as chances de conversão ao longo do funil.

Contar com um CRM com tais recursos é a chave para transformar indivíduos interessados em seus clientes fidelizados. Uma captura eficiente e direcionada permite um melhor conhecimento acerca do cliente, fazendo com que as ações sucessivas se direcionem a satisfazê-lo.

Em paralelo, é altamente desagradável e inviável ter que alimentar dados de leads e prospectos manualmente. E é exatamente aí que entra a importância da automação das vendas.


3.  Atribuição de leads para o devido responsável

Imagine a seguinte situação: toda a vez que um cliente potencial visita o seu site, a equipe deve, manualmente, direcioná-lo para um atendente responsável. Parece algo comum? Então, fique atento, já que se trata de um estágio que vale a pena ser automatizado.

O ato de atribuir leads aos responsáveis ideais automaticamente diminui tempos de resposta, evita o retrabalho, soma produtividade e aumenta as chances de conversão.

Por isso, o ideal é que, ao trabalhar com novos leads e prospectos advindos através de formulários web, eles sejam atribuídos ao profissional adequado sem grandes esforços. 


4. Pontuação de leads

Como os vendedores se manterão focados nas melhores oportunidades se eles sequer sabem quais são? Um sistema automatizado para a gestão de leads avisa, de forma inteligente, quais são os clientes mais promissores e boas maneiras de abordá-los. A partir de informações previamente coletadas (ou inseridas).

Assim, tais ferramentas de inteligência em vendas orientam o trabalho dos gerentes, mostrando a probabilidade de sucesso com leads e negócios. Por isso, é altamente recomendado atribuir um lead scoring sem precisar se preocupar demais – tudo de forma automática. 



Mais do que um sistema de automação de vendas, um pacote de trabalho on-line completo

Uma única plataforma para administrar seus negócios

Experimente agora!



5. Templates de e-mail

Você precisa enviar e-mails regulares aos clientes? E, geralmente, eles têm sempre os mesmos tipos de informação? O ideal é automatizar o processo a partir de modelos de e-mail.

Lembre-se, no entanto, de aplicar a personalização em uma porcentagem deste conteúdo, de forma direcionada. Ao menos com o preenchimento automático para mudar o nome do cliente. Visto que isso permitirá aumentar os resultados e as taxas de engajamento.

E-mails de acompanhamento, confirmações de compra, agendamentos e prospecção são os mais plausíveis de automação, já que envolvem condutas muito similares. Trabalhar com tais templates poupará imensamente o trabalho da sua equipe de vendas, permitindo a dedicação de tempo a atividades mais estratégicas e ricas em resultados.


6. Geração de relatórios instantâneos

O sonho de qualquer pessoa que lidera uma equipe de gestão de vendas é gerar relatórios automáticos. Por sorte, isso já é possível com as ferramentas de automação adequadas!

Portanto, esqueça aquela história de passar horas e horas criando relatórios manuais, anexando gráficos de progresso e encaminhando aos envolvidos. Quando se adota um sistema para automatizar todo o processo, isso é feito de maneira automática. Ao menos para grande parte do trabalho! 

Além de, por si só, já ter os benefícios de organização e redução da carga de trabalho, tal atitude contribui para o melhor alcance de resultados, direcionamento e motivação da equipe como um todo.  


5. Orçamentos, propostas e faturas automáticas

Os representantes e a equipe envolvida com as vendas devem se dedicar a fatores mais humanos e estratégicos ao invés de redigir propostas ou cotações para enviar aos clientes.

Por que não deixar modelos prontos no CRM e apenas alimentá-los com informações de relevância? Através de sistemas inteligentes, até o preenchimento de tais dados podem transcorrer de maneira instantânea – basta que tudo esteja bem padronizado.

Em plataformas robustas, como o Bitrix24, pode-se, inclusive, aprovar templates e fluxos de trabalho sem precisar mandar e-mails individuais. Assim, após a confirmação, tais documentos servirão como base para compor o seu processo de vendas – de forma muito bem aplicada. Obviamente, como a padronização também fará toda a diferença, vale a pena explorar!


7. Campanhas de e-mail marketing personalizadas

O e-mail marketing pode funcionar muito bem ao permitir que o cliente em potencial se aprofunde ao longo do funil de vendas. Ou, ainda, que os clientes vigentes permaneçam fidelizados e engajados com o seu ideal.

A grande vantagem é que os fluxos automatizados envolvem a criação e aplicação de uma boa estratégia seguida da programação de disparos. Enquanto que, em um fluxo de e-mail marketing manual, você teria que se preocupar em liberar campanhas publicitárias usando muito mais tempo.

Outro diferencial altamente relevante está na riqueza de informações que podem ser obtidas através de uma campanha com estratégia bem pensada. Tendo uma estimativa de quais clientes abrem e interagem com os seus e-mails, você é capaz de redirecionar ou otimizar as táticas para satisfazê-lo. Assim, a automação não colabora apenas para a redução do retrabalho, quanto para o próprio alcance de grandes feitos e resultados.


8. Informações automáticas via SMS

Precisa enviar lembretes gerais ou alguma nota específica por SMS para os seus clientes? Então, a automação de SMS pode ajudar você! Na verdade, ela deve ser parte primordial da sua automação de vendas, desde que a sua estratégia envolva tal canal comunicativo, claro.

A programação e disparo de SMS em massa ou templates individuais prontos pode não só aumentar as vendas, como também agregar índices de retenção, comparecimento e até pagamentos. Operando, assim, de forma interligada com a manutenção do cliente no ciclo de vendas. Se a sua tática aborda mensagens via celular, inclua no seu guia para automação de vendas.


9. Mensagens automáticas por canais estratégicos

Para se diferenciar da concorrência, você precisa estar onde os seus clientes estão. Por isso, a sua estratégia para automação de vendas deve ser capaz de interagir com mídias sociais, mensageiros e canais comunicativos que o seu cliente utiliza com frequência.

Através de integrações, os softwares para automatizar vendas enviam mensagens instantâneas (previamente programadas) aos indivíduos-chave – mantendo a sintonia com eles. Portanto, os representantes ficam mais próximos via Instagram, Facebook e WhatsApp sem estar, de fato, alimentando tais canais a todo o momento.


Software com ferramentas de automação de vendas: a peça crítica para o sucesso

Para a automação de vendas, é importante compreender que é essencial ter um CRM – ou ferramenta de gestão de relacionamento com o cliente – capaz de mecanizar as etapas do seu processo de vendas.

Caso contrário, é humanamente impossível não perder nenhuma oportunidade em vendas – dada a riqueza e alto fluxo de informações atuais. Por isso, a nossa indicação dentro do guia para automação de vendas é fazer uso de uma interface bastante explorada, o Bitrix24.

Quando o assunto é automatizar tais processos, o Bitrix24 atua com bagagem ampla, como um CRM com regras de automação para vendas exímio! Através dele, é possível ter auxílio para gerar:

  • Automação de e-mail marketing e SMS;

  • Processos inteligentes para a captura e nutrição de leads;

  • Pontuação de leads e utilização de templates para ajudar a converter oportunidades em vendas;

  • Orçamentos e faturas automáticas;

  • Relatórios de venda automáticos;

  • E muito mais.

Se você gostou da proposta, teste o CRM gratuito e automatize as suas vendas como nunca. Você e sua equipe vão amar!


Tome cuidado: automatização vs. robotização

Neste guia para a automação de vendas, queremos deixar claro que: não importa o quão benéfica a automatização possa ser para a sua companhia. A verdade é que, se ela for empregada da forma errada, pode levar ao fracasso e gerar prejuízos ao processo. Por que isso? O ponto-chave desta questão está na robotização.

A automatização é muito bem-vinda em todo e qualquer ciclo de vendas, mas nem todas as etapas podem ser, de fato, plenamente automatizadas. Afinal, o público está cansado de entrar em um chat on-line e ter que falar só com robôs. O que as pessoas querem é se sentirem acolhidas e bem tratadas. E você não somará calor humano se automatizar todo o trabalho.

Mesmo que o seu conteúdo seja disparado de forma automática, por exemplo, ele deve repassar a essência do seu negócio e conversar com o público de forma segmentada. A partir do momento que as empresas perdem este diferencial, elas reduzem as suas taxas de conversão e ainda ficam dotadas de uma reputação indesejável. Coisas que, com certeza, você não quer agregar!

Conclusão

Depois de saber o que é automação de vendas, você deve ter compreendido que a robotização não pode ser aplicada, integralmente, a todo o funil. Mas ela pode ser sua grande aliada na hora de maximizar os resultados.

Ao final deste guia para automação de vendas, esperamos que os nossos insights o permitam organizar e padronizar o processo para gerar mais receita, produtividade e evitar o retrabalho. Aproveite para colocar os recursos em prática com o CRM ideal e desfrute das vantagens!


Mais do que um sistema de automação de vendas, um pacote de trabalho on-line completo

Uma única plataforma para administrar seus negócios

Experimente agora!



Free. Unlimited. Online.
O Bitrix24 é um local onde todos podem se comunicar, colaborar em tarefas e projetos, gerenciar clientes e fazer muito mais.
Cadastrar
Você pode gostar também
Gestão de equipes remotas: 7 dicas
7 dicas e ferramentas para uma gestão de desempenho eficaz
15 erros no gerenciamento de projetos que você está cometendo sem nem perceber
O que você deve saber sobre como escolher um software de gerenciamento de equipe