Bitrix24 Blogs

  • O que é People Analytics: Principais tendências de RH que todo gerente deve saber

    Viktoryia Solovyova 04/06/2018 09:54:05 am
    people analytics.png
    People Analytics, ou é um dos temas mais quentes do mundo de RH. Isso é compreensível, pois as pessoas são o recurso mais valioso das organizações. Mas a implementação do People Analytics também contém uma grande promessa de transformar o RH de uma função de apoio ao negócios em um parceiro estratégico destinado a aumentar a receita.

    Este artigo se destina a explorar a essência do People Analytics e previsões futuras nesta área.


    O que é People Analytics?

    O People Analytics é a prática de tomar decisões baseadas em dados sobre funcionários e pessoas. Primeiro introduzido pela Google e promovido pelo artigo Como o Google está usando o People Analytics para reinventar completamente o seu RH, o People Analytics agitou a indústria. O conceito é novo - só chamou a atenção do público pela primeira vez em 2013 - mas o People Analytics já está passando por algumas mudanças transformacionais.

    Apesar de ser completamente orientado por dados, o People Analytics tem o poder de resolver problemas intrinsecamente humanos, como insatisfação no local de trabalho, frustração pela má gestão e fraca cultura empresarial. O People Analytics é uma ferramenta versátil de RH que ajuda a manter as pessoas felizes e satisfeitas, ao mesmo tempo, melhorando os processos de RH e recrutamento.

    Os fatores que causaram a expansão do People Analytics são vários:
    • As melhorias na tecnologia e no software levaram a uma quantidade maior de dados disponíveis.
    • Os departamentos de RH estão atualmente sob pressão para justificar suas decisões. Atualmente, tomar decisões com base em dados e não por intuição ou julgamento de uma pessoa é um padrão comercial geralmente aceito.
    • A necessidade de People Analytics era sempre aparente. Os dados de RH estavam disponíveis muito tempo antes que o People Analytics entrasse em cena, no entanto, não havia uma maneira fácil de aproveitar esses dados.

    Como funciona o People Analytics?

    O People Analytics pode reduzir muito os erros humanos e impedir decisões tomadas com base em vieses pessoais. Por exemplo, muitas vezes os profissionais de RH veem o processo de recrutamento como um fluxo de trabalho estabelecido e ignoram novas formas de encontrar candidatos. O People Analytics ajuda a identificar maneiras mais eficazes de recrutar funcionários, tornando o processo de recrutamento mais rápido e fácil.

    Além disso, o People Analytics ajuda os departamentos de RH a cumprir as normas legais. As normas atuais cada vez mais enfatizam a contratação não discriminatória. Ao aplicar processos baseados em dados para encontrar novos candidatos, o People Analytics impede a violação da lei.

    Os principais componentes do People Analytics

    1. Avaliação de Desempenho

    A avaliação de desempenho é um componente essencial do People Analytics. O desempenho pode ser medido de muitas maneiras diferentes, mas a forma como a medição do desempenho é realizada hoje em dia em muitas empresas implica que o resultado é mais valorizado do que o processo. Esse é um fator humano que frequentemente se interpõe em avaliação correta do desempenho. O People Analytics ajuda a eliminar esse fator.

    A avaliação de desempenho é baseada em quatro componentes principais: regressão à média, tamanho da amostra, independência do sinal e processo versus resultado. Com o People Analytics, os profissionais de RH podem separar a sorte da competência real.

    Os sinais de estar ocupado também são frequentemente tomados como sinais de grande desempenho, o que não é necessariamente verdade. O People Analytics reduz o risco associado ao fator humano na avaliação de desempenho, criando assim uma imagem mais clara, estruturada e honesta do desempenho da organização.

    2. Recrutamento

    Uma das funções mais importantes do RH é recrutar ou, em outras palavras, encontrar pessoal certo quando as empresas precisam de ajuda. Na área de recursos humanos, o People Analytics lida com três componentes: contratação, mobilidade interna e progressão na carreira, e a questão sempre presente de burnout, ou exaustão ocupacional.

    Com o People Analytics, você pode aumentar a probabilidade de encontrar as pessoas certas para os trabalhos certos. O People Analytics também pode melhorar a felicidade dos funcionários, à medida que você se torna mais informado sobre as atitudes e o humor dos funcionários.

    3. Colaboração

    A colaboração é outra área na qual o People Analytics pode ser útil. Mesmo que você pense que a colaboração não pode ser medida, há uma infinidade de dados usados para descrever e avaliar a eficácia da colaboração. Nomeadamente, o People Analytics permite criar um mapa organizacional de colaboração, que mostre os padrões que as pessoas seguem quando trabalham juntas em um projeto ou tarefa.

    A colaboração é um dos fatores cruciais para o sucesso de um projeto. Se você deseja alcançar o máximo de envolvimento no projeto, o People Analytics é uma maneira infalível de tornar as pessoas mais produtivas e motivadas.

    4. Gestão de Talentos

    À medida que você melhora a avaliação de desempenho, a equipe e a colaboração, sua organização se torna mais enxuta e estável. O próximo passo é ajudar as pessoas a se desenvolverem dentro da empresa. Os esforços da empresa em apoiar e promover seus próprios funcionários costumam ser referidos como gerenciamento de talentos. O People Analytics auxilia o gerenciamento de talentos de muitas maneiras diferentes: revela os padrões de comportamento dos funcionários, acompanha o desenvolvimento dos funcionários dentro da empresa e identifica os pontos altos e baixos no engajamento dos funcionários.

    No entanto, a análise de talentos não é um mecanismo perfeito e você precisa estar ciente de seus quatro principais desafios: contexto, interdependência, profecias autorrealizáveis e desafios relacionados ao trabalho com algoritmos. Esses desafios são geralmente produzidos pelo fator humano ou pela dependência excessiva de dados.

    Previsões para o futuro

    A disciplina de People Anlytics está explodindo. Durante anos, people analytics foi considerado uma pequena parte dos recursos humanos. Em dias de hoje, muitas empresas veem o People Analytics como um instrumento de negócios que pode ser aplicado em todos os níveis da organização. De acordo com os dados do estudo High-Impact People Analytics, 69% das empresas estão integrando dados para criar um banco de dados do People Analytics.

    Além disso, as empresas estão constantemente expandindo os tipos de dados que analisam. Isso é parcialmente ditado pela maior quantidade de dados disponíveis à medida que os funcionários usam ativamente vários canais de comunicação e mídias sociais, mas também as empresas expressam grande interesse em tomar decisões baseadas em dados. Os negócios se esforçam para obter acesso e analisar o maior número possível de tipos de dados. Aqui estão os vários tipos de dados a que as empresas têm acesso hoje em dia: engajamento de funcionários, reconhecimento de funcionários, comunicação dos funcionários, bem-estar dos funcionários, viagens, localização e até sentimentos e emoções.

    Outra tendência que afeta o desenvolvimento de People Analytics é IA e Aprendizado de Máquina. Um exemplo de IA usado no People Analytics pode ser um algoritmo de aprendizado de máquina que identifique o comportamento dos melhores vendedores e depois usa os dados coletados para treinar novas pessoas. O rastreamento do local e os padrões das viagens dos funcionários com o melhor desempenho podem dizer muito sobre a gestão do tempo eficaz às empresas, e esse conhecimento pode ser transmitido para o restante da equipe.

    Junto com as oportunidades, o People Analytics levanta muitas preocupações. A capacidade da ferramenta para fornecer recomendações altamente personalizadas pode sair prejudicado à medida que cada vez mais funcionários se tornam defensores ativos da privacidade pessoal. Embora o People Analytics seja um processo interno de coleta e análise de dados, a possibilidade de violação de dados é real. Em tal situação, as empresas são incentivadas a levar a sério os assuntos de privacidade e seguir rigorosamente os regulamentos locais.

    Palavra final

    Embora a maioria das empresas reconheça os benefícios do People Analytics, apenas algumas possuem recursos técnicos para implementá-lo. O People Analytics requer um conjunto específico de habilidades que apenas algumas pessoas possuem. As habilidades necessárias incluem habilidades técnicas, analíticas e as de comunicação, o que é uma mistura curiosa e difícil de encontrar. Portanto, contratar consultores de People Analytics externos pode ser caro e as empresas são forçadas a investir na educação dos funcionários do departamento de RH.

    Algumas outras dicas a ter em mente são evitar fazer análises para fins analíticos apenas e focar em insights em vez de números. O People Analytics é uma área tecnicamente complexa e orientada por dados, mas seu valor real está em sua capacidade de melhorar processos, fluxos de trabalho e resultados comerciais. Além disso, quando usado corretamente, o People Analytics pode aumentar a satisfação e a felicidade dos funcionários. Portanto, encontre oportunidades de melhoria, em vez de relatar sem pensar sobre os resultados da coleta de dados, e você irá andar na linha com o uso do People Analytics.

    O Bitrix24 é uma solução gratuita de SIHR com mais de 25 ferramentas de RH, como rede social privada, gráfico de ausências, agendas compartilhadas, gerenciamento de documentos, armazenamento de currículos, portal de funcionários, solicitações de licenças, planejamento de carga de trabalho, tarefas e gerenciamento de projetos, entre outros. Use o código promocional TIP10 ao cadastrar sua conta gratuita do Bitrix24 para ganhar 10 GB adicionais.

4,000,000+
empresas
já estão usando o Bitrix24